Eu confesso que Lost é a série que eu amo odiar até hoje. Eu sempre achei a história pedante, fui um daqueles que afirmei que as pontas abertas não seriam fechadas, e que muita gente iria se irritar profundamente com o final da série. E isso aconteceu.

Mas eu não ignoro a importância de Lost para a história da televisão. Essa foi a primeira grande série da era da internet, e polarizou gerações inteiras: ou você amava, ou você odiava. Não tinha meio termo.

Porém, todos nós concordamos que essa série deve ficar bem enterradinha no passado, e que não devemos mexer nunca mais com essas forças que não conhecemos, certo?

Tá. A ABC não concorda conosco.

Karey Burke, presidente da ABC, falou abertamente sobre o assunto durante o evento do Television Critics Association. Ela chegou a apresentar um vídeo do final da terceira temporada de Lost, e isso desconcertou a imprensa presente no local.

A pergunta óbvia e direta foi feita: existe a possibilidade de um reboot de Lost?

Karey respondeu:

“Eu gostaria sim, e muito. Esse é um reboot que eu estaria muito interessada em ver”.

Mas antes que você comece a mover um processo contra a ABC, respire fundo e com calma, pois apesar de Burke manifestar o seu desejo em um reboot de Lost, não há conversas sobre o assunto com os criadores da série. Ou seja, é só uma vontade, mas não uma iniciativa real do canal.

De qualquer forma, o simples manifestar de uma vontade detonou a reação de vários fãs na internet, onde a maioria não deseja ver Lost de volta, mesmo guardando no coração um carinho pela série (e talvez também por isso eles não querem ver a série de novo na TV).

Lost é uma série de culto, e ainda mantém o seu status. E a ideia de recontar aquela história, com outros atores e um planejamento diferente não parece ser algo tão adequado assim, levando em consideração o pensamento e o sentimento dos fãs.

Porém, o sucesso gritante de Lost pode ser o grande motivador para um final inevitável para esses rumores, ou seja, Lost um dia deve ganhar um reboot. Talvez não para agora, mas em algum momento deve acontecer. Tudo por causa do impacto e transcendência que a série teve na cultura pop contemporânea.

 

Via ComicBook