Quase 20 anos depois memorável filme Femme Fatale (2002), temos um novo trabalho de Brian De Palma, um dos diretores mais importantes da história de Hollywood. Porém, Domino foi um caro vale de lágrimas em sua produção.

Falsas promessas de orçamento, abandonos e uma distribuição antecipada de um produto inacabado poderiam sepultar a carreira de qualquer diretor. Mas como estamos falando de Brian De Palma, ele aproveitou o desastre para fechar a produção de dois novos trabalhos: Sweet Venegance, com Wagner Moura, e Predator, inspirado no caso Harvey Weinstein.

O elenco de Domino é encabeçado por Nikolaj Coster-Waldau e Carice van Houten (ambos de Game of Thrones), acompanhados por Guy Pearce. O roteiro é assinado por Petter Skavlan, e este é um thriller de alta voltagem, onde um policial dinamarquês, ao lado de um oficial, tenta localizar o assassino do seu companheiro sem saber que o suspeito está trabalhando em uma operação especial da CIA que segue o rastro de uma célula europeia do ISIS.

 

 

Olhando de longe, até desperta uma certa curiosidade, ainda mais levando em conta tudo o que De Palma passou durante o processo de produção, e que ele está publicamente insatisfeito com o resultado final. Porém, considerando apenas o nome do diretor, somos obrigados a conferir qual é a do filme quando ele chegar aos cinemas.