titanic

Titanic. Eu vi esse filme sete vezes, meus amigos!

SETE VEZES! E a maioria nem foi por vontade própria.

As duas primeiras foram porque eu quis. Uma nos cinemas e outra na casa dos meus pais. Todas as outras foram ou por acidente (chegar na casa de amigos e o filme mal ter começado), ou por obrigação (uma amiga que queria a todo custo ver o filme comigo), ou por falta de opção completa (pais e familiares que queriam ver esse filme de novo).

Logo, eu prometi para mim mesmo que nunca mais eu iria assistir ao filme Titanic enquanto eu tivesse vida na Terra. E até agora estou cumprindo com essa promessa.

De qualquer forma, ao completar 20 anos de sua estreia, é inegável dizer que o trabalho de James Cameron com esse longa quebrou vários paradigmas, deixando um lugar na história do cinema de forma mais que definitiva.

Eu me lembro que teve marmanjo que só assistia filme de ação que foi assistir à história de amor entre Jack e Rose, apenas pela curiosidade sobre a sequência de acontecimentos do tal naufrágio. Pode ser considerado uma das grandes megalomanias de Cameron em sua vida (se bem que ele só sabe fazer cinema se for assim), mas é um evento tão sem precedentes, que dizer que está na história é algo redundante.

Titanic levou 11 estatuetas do Oscar, e é a segunda maior bilheteria de todos os tempos no cinema. Só perde para Avatar (2009), outro filme de James Cameron.

Suas cenas viraram referências para a cultura pop e outros produtos de entretenimento de massa, indo de videoclipe da banda Hanson #rip até episódio de Os Simpsons. Sem falar que continua a ser tema de cultura pop quando ainda ficamos discutindo sobre o seu final, onde Jack poderia perfeitamente se salvar da morte congelante no mar.

Desculpa se te dei spoilers, mas até mesmo a geração mais nova sabe como esse filme acaba.

De qualquer forma, Titanic é um mega evento. Um filme histórico. Com 20 anos de vida, ele se mantém como uma das melhores formas de mostrar o quanto o cinema avançou nas suas técnicas, mas ainda mantém a sua capacidade de prender pessoas em uma história envolvente.

A grandiosidade desse filme é singular, assim como foi a sua trajetória dentro da indústria. E feliz daqueles que estavam com vida e lúcidos para testemunhar o sucesso de uma história de amor dentro de uma tragédia histórica.