Agora que a poeira sobre a saída de Rick Grimes (Andrew Lincoln) de The Walking Dead abaixou, podemos comentar essa notícia com vocês. E se você não assistiu ao episódio de ontem (4), nem sei o que você está fazendo aqui, pois teremos spoilers daqui pra frente.

A AMC tem outros planos para Rick Grimes. E para esses planos vingarem, ele não poderia morrer, mas apenas deixar a narrativa principal. Agora, sabemos que o canal quer realizar pelo menos três telefilmes centrados naquele que, até então, era o grande protagonista de The Walking Dead.

A saída de Lincoln da série aconteceu no episódio exibido ontem (4). Rick estava à beira da morte, e nas suas alucinações encontrou com personagens já falecidos, como Shane ou Hershel. Porém, um helicóptero chega para resgatá-lo e levá-lo para longe dali.

A decisão de salvar Grimes estava tomada há anos, mas a ideia inicial de matar Rick foi evoluindo ao longo do tempo. Porém, os três telefilmes vão acontecer, e muitos entendem que é melhor para todo mundo.

A ideia dos três telefilmes veio depois de uma conversa entre Scott M. Gimple, antigo showrunner da série que hoje supervisiona os trabalhos que visam converter The Walking Dead em uma grande franquia, com o próprio Andrew Lincoln durante a quarta temporada.

Lincoln adora Grimes e o universo da série, mas desejava passar mais tempo com a sua família. Por isso, o AMC apostou no formato de teleflimes para continuar a contar a história de Rick Grimes.

Cada temporada de The Walking Dead prendia Lincoln por nove meses por ano em Altanta, lugar onde a mesma é produzida, enquanto que a sua família vive no Reino Unido. Rodar os telefilmes só vai consumir dois meses por ano, e a AMC quer expandir ainda mais um universo que quer explorar ao máximo.

Gimple chegou a compartilhar esse pensamento com o Hollywood Reporter:

“A história de Rick continuará nos telfilmes. Nesse momento, estamos trabalhando em três, mas existe uma certa flexibilidade nisso. Ao longo dos próximos anos, faremos especiais, e existe a possibilidade de uma nova série, conteúdos digitais de alta qualidade e alguns projetos que não podemos detalhar por enquanto. Vamos nos aprofundar no passado e ver velhos personagens. Vamos introduzir novos personagens e novas situações.”

Em resumo: vamos ter The Walking Dead por muito tempo, apesar da série não contar com a mesma popularidade do passado. Vamos ver se o AMC consegue rentabilizar tudo isso, já que busca parcerias de outras empresas para compartilhar os custos. O objetivo final é fazer desses telefilmes verdadeiros blockbusters, mas para a televisão.

Ambição nunca faltou para o AMC. Fato.

E, a partir de agora… é longa vida para Rick Grimes.

 

Via THR