A Netflix ficou mais cara lá fora (o aumentou de 18% aplicado nos EUA não atingiu o Brasil nesse momento, mas deve ter os seus efeitos no meio do ano) com o argumento (e a promessa) que vai melhorar a qualidade do serviço em todos os aspectos. E isso significa ter profissionais de maior calibre atuando nas suas produções originais.

Um exemplo claro do que eu estou falando está na nova produção original da Netflix em desenvolvimento, onde o elenco conta com nomes de peso como Chris Evans, Tom Holland, Robert Pattinson, Bill Skarsgard, Mia Wasikowska, e Eliza Scanlen. Ou seja, o cachê aqui vai ser bem caro.

O filme em questão é The Devil All the Time, e de acordo com a conta oficial @SeeWhatsNext, é um “thriller gótico do meio oeste centrado em uma dupla de assassinos em série, um pregador com uma crise de fé e um xerife corrupto, em uma história contada ao longo de duas décadas”.

Sim… eu sei… eu também ouvi True Detective gritando lá no fundo da sala.

The Devil All the Time será produzido pela Nine Stories, empresa capitaneada pelo ator Jake Gyllenhaal, e será dirigido por Antonio Campos (The Sinner) e co-escrita por Antonio e Paulo Campos. Não tem uma data de estreia anunciada, mas com certeza teremos mais notícias sobre esse projeto nos próximos meses.

É evidente que contar com tanta gente boa no elenco não é qualquer tipo de garantia que o filme vai ser bom. Sem falar que é um risco apostar no hype da Marvel para contar uma história que não é da Marvel.

Mas também não podemos ignorar o fato que dá para entender uma eventual empolgação das pessoas com The Devil All the Time, sem ver uma cena sequer, e apenas apostando nos nomes do elenco. Convenhamos: é um elenco de primeira, e isso pode ajudar (e muito) no sucesso do filme.

 

+info