Arquivo para a tag: modern family

The Goldbergs, Black-ish e outras séries da ABC recebem episódios adicionais

by

black-ish-episodes

Várias comédias da ABC receberam encomendas adicionais de episódios.

Segundo o Deadline, The Middle, The Goldbergs, Black-ish e Fresh Off the Boat receberam dois episódios adicionais para as suas respectivas temporadas. Modern Family também deve receber mais dois episódios (a confirmar).

Com isso, todas as séries citadas acima (menos Modern Family) alcançam a marca de 24 episódios para as suas temporadas. Fresh Off the Boat, originalmente encomendada para 13 episódios, recebeu antes uma encomenda de 9 episódios adicionais.

Via

Modern Family e The Big Bang Theory ‘ignoradas’ no Emmy Awards 2015

by

modern-family-season-5

Sinal dos tempos, meus amigos. Duas das grandes figurinhas carimbadas do Emmy Awards entre as séries cômicas foram praticamente ignoradas na lista dos indicados desse ano: Modern Family e The Big Bang Theory. Podemos dizer aqui um ‘finalmente’, e com gosto.

Não me entenda mal, amigo(a) leitor(a). Eu gosto de Modern Family. Não gosto tanto de The Big Bang Theory, e não ignoro a importância e relevância das duas. Porém, já havia passado da hora dos velhinhos da Academia de Ciências e Artes Televisivas ‘olharem para os lados’, buscando outras opções. Há anos a lista de indicados ao Emmys vivia da mesmice de sempre indicar os mesmos, não dando chance para que novidades nas categorias de comédia recebessem alguma visibilidade na premiação.

É… parece que os velhinhos aprenderam como usar o controle remoto.

Modern Family não foi absolutamente ignorada. Ainda está presente em muitas das categorias principais, incluindo Melhor Série de Comédia, Melhor Ator Coadjuvante de Comédia e Melhor Atriz Coadjuvante de Comédia. Porém, diferente dos outros anos, acabou aquela ‘farra do boi’, onde basicamente bastava estar no elenco adulto da série para ser indicado ao Emmys.

Em 2015, foi indicado quem merecia ser indicado em Modern Family: a série em si (pode torcer o nariz, leitor), Ty Burrell e Julie Bowen, como Phil e Claire Dunphy, que são hoje a melhor coisa que a série tem.

Já foi o tempo em que Cameron e Mitchell chamavam a atenção positivamente, e o momento do casal na série já passou (até se casaram, ou seja, não tem mais o que contar). Graças ao Senhor finalmente entenderam que Sofía Vergara só é uma gostosa que faz ela mesma (que todo episódio tem que falar ‘maaaaaanyyyyyy’). E Ed O’Neil está mais preocupado em fazer o seu e ganhar o seu salário, que é o mais alto do elenco. E pronto.

Unbreakable Kimmy Schmidt, que tem apenas uma temporada, recebeu mais indicações de Modern Family. E quem sabe não é ela que pode impedir que a série receba o sexto Emmy consecutivo como Melhor Série de Comédia em seis anos?

Vamos aguardar.

the-big-bang-theory

Já o caso de The Big Bang Theory é mais flagrante e, ao mesmo tempo, mais recompensador. Pois entendo que há muito tempo ela é apenas a ‘comédia mais vista dos EUA’, e não uma das melhores comédias da atualidade.

A série vive de piadas recicladas, ou das excentricidades do Sheldon, ou das piadas em cima do Sheldon. Tudo bem, a história da série andou um bocado: gente se casou, gente foi para o espaço, a mãe de um morreu… mas o grosso da história está engessado no mesmo lugar. A série vai para a nona temporada, e salvo um detalhe ou outro, qualquer um de nós que abandonamos lá atrás podemos retomar, que vamos poder acompanhar sem problemas.

E parece que algumas pessoas entre os votantes da Academia perceberam isso.

Não só TBBT não foi sequer indicada como Melhor Série de Comédia, como Jim Parsons também não entrou na lista de Melhor Ator de Comédia. A única indicação relevante que a série recebeu foi para Mayim Bialik como Melhor Atriz Coadjuvante de Comédia.

Sinal dos tempos.

Os fãs de The Big Bang Theory que me desculpem, mas nesse caso, a ‘amnésia’ do Emmy é mais do que merecida. Demorou até para que a série caísse no lugar comum dessa premiação. Vocês podem questionar alguns nomes da lista para Melhor Ator de Comédia (eu deixo), mas a pelo menos três temporadas Jim Parsons não merecia estar nela (mesmo vencendo o Emmy na categoria nos últimos dois anos).

E sobre a Melhor Série de Comédia, por favor… faz muito tempo que The Big Bang Theory não é digna de estar nessa categoria. Com séries do porte de Veep, Silicon Valley, Transparent e Unbreakable Kimmy Schmidt, não havia espaço para a série dos nerds. E isso porque eu ainda colocaria Orange Is the New Black em seu lugar, se a mesma fosse elegível (nesse ano, o Emmy Awards cometeu a burrada de colocá-los na categoria de drama).

Não quero ficar jogando mau agouro nas duas séries. Se ambas conseguem te fazer rir, ótimo. Objetivo alcançado. Mas já faz um tempo que as duas precisavam ser deixadas de lado no Emmy Awards, pois não eram mais capazes de entregar uma qualidade que dignificassem as indicações.

Modern Family ainda pode vencer o Emmy Awards 2015 como Melhor Série de Comédia? É claro que sim! Afinal, está indicada na categoria. Mas é fato: não merece.

E The Big Bang Theory só sofreu daquilo que está bem claro nos dias de hoje: tem comédias melhores na TV. Apenas isso.

O filho de Jay e Gloria vai crescer em Modern Family

by

modern-family-jay-and-gloria

O TVLine informa que a ABC está re-elencando o novo membro do elenco fixo de Modern Family, que é ninguém menos que a versão mais velha do filho de Jay e Gloria.

A produção da série não comenta sobre o assunto, mas a fonte indica que os produtores procuram um ator de 4 anos de idade, que teria uma personalidade completamente oposta à de Manny, filho mais velho de Gloria.

Não é a primeira vez que acontece uma troca no elenco mirim de Modern Family de uma temporada para outra. No começo da terceira temporada, Aubrey Anderson-Emmons assumiu o papel de Lily, filha de Mitch e Cam, que antes era interpretada pelas gêmeas Ella e Jaden Hiller.

A sétima temporada de Modern Family estreia nos Estados Unidos no dia 23 de setembro.

Modern Family terá episódio 100% dedicado à Apple

by

modern_family_tech

O próximo episódio de Modern Family (ABC) a ser exibido nos EUA (em 25 de fevereiro) será 100% dedicado à Apple. Aliás, o conceito estético do episódio será completamente diferente, pois a história acontece o tempo todo em uma tela de computador.

O episódio ‘Connection Lost’ segue Claire e sua comunicação digital quando sua família inteira está fora de casa, e ela não consegue falar com sua filha Haley. O plot faz com que a família inteira fique confinada em uma tela do MacBook Pro, utilizando as tecnologias da Apple para se comunicarem (iPhone, FaceTime, iMessage, Safari, etc).

Steve Levitan, co-criador da série, indica que esse é o tipo de episódio que confirma como os Dumphys se alinham ao título da série (‘Família Moderna’). Afinal, Mitch e Cam são casados, Jay e Gloria são um casal com grande diferença de idade, e os Dunphys (especialmente Phil) são altamente conectados. O episódio não só vai mostrar tecnologias da Apple, mas outras referências tech serão exibidas.

Não é a primeira vez que Modern Family flerta com o mundo da tecnologia. Em vários episódios eles já mostraram como Phil é viciado em gadgets, incluindo um episódio que mostra a sua experiência e expectativa nos dias que antecediam ao lançamento do iPad.

A série recentemente superou a marca de 100 episódios, e já levou para casa 21 Emmys em cinco temporadas completas.

+info

ABC expande a encomenda de sete de suas séries (temporada 2014-2015)

by

KELLY MCCREARY, PATRICK DEMPSEY, ELLEN POMPEO

A ABC estendeu a encomenda de sete de suas séries. As veteranas Grey’s Anatomy, Modern Family e The Middle receberam dois episódios adicionais cada, enquanto que a novata Black-ish e a segunda temporada de The Goldbergs alcançaram o total de 24 episódios para suas respectivas temporadas.

Castle recebeu mais um episódio, o que faz sua atual temporada alcançar a encomenda de 23 episódios. Resurrection também recebeu um episódio a mais, e sua segunda temporada passa a ter uma contagem de 14 episódios.

Essas novas encomendas foram anunciadas no mesmo dia que o co-criador de Once Upon a Time, Adam Horowitz, revelou que o oitavo episódio da atual quarta temporada de sua série será um episódio de duas horas de duração (episódio duplo), o que faz com que a série receba 23 episódios na sua encomenda.

+info

Emmy Awards 2014 | A culpa não é de Modern Family. É de quem vota!

by

modern-family-season-5

Modern Family (ABC), pela quinta vez em cinco anos, foi eleita a Melhor Série de Comédia do Emmy Awards 2014, realizado ontem (25), nos Estados Unidos. Tem muita gente que está insatisfeita com isso, e esse post tem como objetivo “discutir a relação” com os descontentes. Vamos procurar entender por que a série venceu de novo, e explicar (ou pelo menos tentar) que a série não tem culpa de ganhar. Aliás, se existem culpados, eles são bem evidentes: os votantes do Emmy Awards.

Não há nenhuma injustiça no fato de Modern Family vencer o quinto Emmy de melhor comédia da temporada em cinco anos. Eu sei que tem muita gente que não vai com a cara da série, ou que já se cansou da produção apenas pelo fato de ganhar todo ano aquela que é considerada a maior premiação da TV norte-americana. De novo: não é culpa da série se ela faz “o simples bem feito”. Eu mesmo achei a temporada excelente, mesmo com alguns afirmando que a mesma foi mediana.

Então… para começar, o Emmy Awards não elege temporadas. As séries são eleitas a partir de episódios designados, as chamadas “Emmy tapes” (que hoje não são mais tapes – de fitas VHS -, mas sim DVDs). Logo, a percepção que um votante do Emmy Awards possui não é a mesma que a sua, que viu uma temporada inteira.

Partindo desse ponto, posso afirmar que episódios como ‘Las Vegas’, ‘Austrália’ e ‘The Wedding (Partes 1 e 2)’ são excelentes, dignos de vencerem o Emmy Awards. O que torna a escolha até compreensível.

Também é preciso observar um diferencial que está muito claro na proposta da série: Modern Family é o tipo de produção que alcança qualquer pessoa. É a série “para todas as idades”, sem trabalhar com nichos específicos, sem utilizar de linguagem rebuscada, plot twists mirabolantes ou tramas complexas. Faz o simples. Mais: apresentam situações que a grande maioria das pessoas se identificam rapidamente.

Ou seja… é a clássica “comédia de situação”, sem ter a claque da sitcom do passado. E está na cara que os votantes do Emmy Awards adoram isso.

Jay-Ed-ONeill-Gloria-Sofia-Vergara-Lily-Aubrey

Mas o principal problema está nos critérios que fazem Modern Family vencer o Emmy Awards de melhor série de comédia. Na verdade, é um único critério: os votantes da Academia de Ciências e Artes Televisivas “irem com a cara de uma série”. E não mudar isso.

Nesse ponto, estou do lado de quem detestou a vitória de Modern Family, e mesmo assim, a culpa não é da série, e sim, de quem vota. De tempos em tempos, os votantes do Emmy Awards acabam simpatizando com uma determinada série, e acaba elegendo essa série de forma consecutiva, por várias temporadas. Exemplos clássicos? Vamos lá: The Dick Van Dyke Show (3 vezes), All in the Family (3 vezes), The Mary Tyler Moore Show (3 vezes), Taxi (3 vezes), Fraiser (5 vezes), 30 Rock (3 vezes) e agora, Modern Family (5 vezes).

Curiosamente, as séries citadas antes de Modern Family tiveram suas sequências de vitórias interrompidas quando algo muito diferente apareceu na TV, seja na proposta geral de série ou no conceito de produção.

O que torna a situação mais crítica dessa vez é que séries muito diferentes já aparecem para tomar o trono de Modern Family, mas os votantes da Academia não olham para os lados. Veep, Orange is the New Black e até mesmo Louie (todo mundo sabe o que eu penso de Louis C.K.) já poderiam ter levado esse Emmy, inclusive em 2014. Mas a impressão que dá é que existe uma grande dose de preguiça, má vontade, conservadorismo, ou qualquer outra coisa que denote uma boa dose de desprezo ao novo, vindo de uma Academia que está cada vez mais velha e parada no tempo.

Aliás, a necessidade de alternância entre os vencedores (cito o caso de Modern Family por ser o mais gritante, mas mais uma vez, o Emmy Awards 2014 foi conservador em suas escolhas) não só serve para estimular a produção e competição entre os canais, mas principalmente para despertar o interesse do telespectador pela própria premiação. Ano após ano, o Emmy Awards sofre quedas consecutivas de audiência, e um dos motivos é o fato da premiação ser algo previsível. Muita gente ontem foi dormir sabendo que séries como Modern Family e Breaking Bad levariam os prêmios principais.

Ou seja, pela sua própria sobrevivência, os votantes do Emmy precisam fazer a roda do mundo girar, e mudar os critérios de escolha.

modern-family-wedding-cam-mitch

Para concluir, amigo leitor: eu entendo você. Você, que ficou amaldiçoando Modern Family por vencer de novo o Emmy Awards. Honestamente, dei risada do #mimimi de muita gente, mas sou suspeito para falar. Eu adoro a “Família Moderna”, pois me identifico com a série, com a proposta que eles entregam, e simplesmente me divirto em ver as situações familiares retratadas na TV.

Porém, também compreendo que outras séries precisam ter a chance de serem reconhecidas. Porque o novo deve vir. E tem série nova muito boa por aí que merece o reconhecimento. Sem falar que o Emmy Awards precisa se reciclar. Com urgência.