Arquivo para a tag: fxx

Man Seeking Woman é renovada para a terceira temporada

by

man_seeking_woman

Como eles conseguiram? Não me pergunte. Fato é que o canal FXX renovou a comédia Man Seeking Woman para a terceira temporada.

A série protagonizada por Jay Baruchel recebeu uma nova encomenda de 10 episódios, que serão exibidos em 2017. Man Seeking Woman mostra Josh Greenberg (Baruchel) e seus altos e baixos da sua movimentada, turbulenta e fracassada vida amorosa, onde seus encontros são retratados com metáforas absurdas, ilustrando o quão constrangedor pode ser o processo de encontrar a mulher ideal.

A série concluiu recentemente a sua segunda temporada, e registrou o ‘espetacular’ aumento de 2% de sua audiência total (na métrica de 7 dias de DVRs – de 299 mil para 393 mil telespectadores). Ou seja, mesmo não tendo uma grande audiência na primeira exibição, consegue se manter no ar basicamente com a audiência das reprises, além de ser bem vista pela crítica.

Man Seeking Woman é parte do lineup de comédias do FXX, que també, inclui It’s Always Sunny in Philadelphia e You’re the Worst, assim como as reprise de In Living Color, Parks and Recreation, The Simpsons e outras séries.

De fato, em outros canais essa série não seria renovada de jeito nenhum. Mas como para o FXX qualquer ganho mínimo é ganho, ela se salva. E vida que segue.

Via THR

It’s Always Sunny in Philadelphia foi renovada para as temporadas 13 e 14

by

Always Sunny in Philadelphia

O canal FXX anunciou que a série It’s Always Sunny in Philadelphia está renovada para mais duas temporadas (13ª e 14ª temporadas).

Isso faz com que a comédia fique empatada com The Adventures of Ozzie and Harriet como a comédia live-action de maior duração da história da televisão. Não é a primeira vez que It’s Always Sunny in Philadelphia recebe uma renovação múltipla. Em 2014, a série foi renovada para as temporadas 11 e 12. A 12ª temporada estreia no começo de 2017. Com a nova encomenda, temos a produção garantida na programação do FXX até 2019, pelo menos.

A recém concluída 11ª temporada foi a comédia roteirizada mais vista entre os canais básico e premium da TV paga na demo 18-49 anos e 18-34 anos. Também entregou as melhores audiências junto ao público jovem, incluindo um ganho de dois dígitos na audiência total.

Quando analisado os números com sete dias de DVRs, Sunny aumenta em 8% sua audiência abaixo dos 50 anos (1.1 milhão) e 13% na audiência total (1.4 milhão). Desde a sua estreia no FXX em 2013, a série aumentou a sua média de audiência na demo 18-49 anos em 17%, e na audiência total o aumento foi de 24%.

It’s Always Sunny in Philadelphia é parte do lieup de comédias do FXX, que inclui Man Seeking Woman, You’re the Worst e as reprises da comédia de maior duração de todos os tempos, The Simpsons.

You’re the Worst é renovada para a terceira temporada

by

youre-the-worst-renewed

O canal FXX renovou a série You’re the Worst para a terceira temporada.

O criador da série, Stephen Falk, assinou um contrato de múltiplos anos com o canal para escrever, desenvolver e produzir projetos para o FX Networks. A segunda temporada de You’re the Worst está em exibição nos EUA, e o season finale vai ao ar por lá no dia 9 de dezembro.

A terceira temporada da série vai estrear na summer season 2016.

FXX renova Man Seeking Woman para a segunda temporada

by

man_seeking_woman_s01e07_still

O canal FXX renovou a comédia Man Seeking Woman para uma segunda temporada.

A série estrelada por Jay Baruchel recebeu uma nova encomenda de 10 episódios, que serão exibidos em 2016.

Man Seeking Woman estreou em janeiro, com uma audiência total de 326 mil telespectadores, e uma demo 18-49 anos de 0.2, retendo menos da metade do lead-in de It’s Always Sunny in Philadelphia. Na média da temporada, a comédia obtém uma média de 210 mil de audiência geral, e uma demo de 0.1.

Se levarmos em conta que o FXX é um canal com um número muito menor de assinantes do que o FX (por exemplo), podemos dizer que eles estão satisfeitos com a audiência de Man Seeking Woman, e decidiu renovar a série.

Primeiras Impressões | Man Seeking Woman (FXX, 2015)

by

man-seeking-woman

Eu poderia resumir Man Seeking Woman, a nova ‘comédia’ do canal FXX, na imagem acima. Mas como acho que será necessário pontuar algumas coisas na produção, estou aqui, cumprindo com o meu dever cívico de oferecer as informações que você deseja, e até te prevenir do desastre que está por vir. Sim, pois apesar de entender a ideia, eu não compreendo a sua execução, ou por que foi executada desse jeito.

Man Seeking Woman é uma comédia de situação sobre relacionamentos, centrada em um personagem: Josh Greenberg. Josh é um fracassado de vinte e poucos anos, que depois do fim de um relacionamento de alguns anos com aquela que ele jurava ser o grande amor de sua vida, terá que seguir em frente, e ver um mundo cheio de possibilidades ao seu redor. É claro que no começo ele acha tudo uma m*rda, com uma nuvem de chuva torrencial na sua cabeça o tempo todo, e até urubus e outras aves caindo sobre sua cabeça. Mas está tudo bem.

Diante de um cenário pessimista, Josh inicia sua tentativa em encontrar um outro alguém, além de tentar esquecer aquela que ele entendia que era para sempre. Nessas idas e vindas, ele tem encontros com gárgulas (ou uma troll, como ele mesmo define), e descobre que sua ex já estava com outro, que é ninguém menos que Adolf Hitler, que ainda consegue dar umazinha no alto dos seus 126 anos de idade. Não me perguntem como.

Quando Josh acha que está tudo perdido, ele encontra aquela menina interessante, esperando o mesmo metrô que ele. Consegue o telefone dela, e a partir daí um mundo novo se abre para ele. É o início de uma nova fase, onde ate o Presidente dos Estados Unidos liga para ele, parabenizando nosso ‘herói’ por sua iniciativa em seguir em frente.

E a temporada (se a série sobreviver), vai mostrar como será a vida amorosa de Josh daqui para frente.

man-seeking-woman-02

Antes de seguir com os comentários sobre o piloto, eu preciso deixar bem claro uma coisa.

Eu entendi perfeitamente o que Simon Rich (criador da série) e Lorne Michaels (produtor da série) quiseram fazer. É evidente que Josh não se encontrou com um monstro comedor de lixo, que a sua ex não está com o maior FDP da história, e que ele não virou um popstar porque conseguiu o telefone de uma mulher depois de ser chutado por outra mulher. Tudo isso são as tais ‘metáforas da vida’, que eu percebi que algumas pessoas não entenderam.

Quem já foi deixado por outro alguém já passou por isso. Depois do fim, tudo ao seu redor vira uma grande e fedorenta bola de m*rda, ninguém mais presta, e não existe mais a felicidade na sua vida. Na cabeça de Josh, a menina sueca que a irmã mais velha arrumou para ele (que deveria até ser bonitinha) era um monstro horroroso. O atual namorado de sua ex é um FDP no nível de Adolf Hitler, e por aí vai.

Tudo para Josh é exagerado, porque ele está sofrendo pelo fim, e não quer ver nada de forma positiva. E isso realmente acontece com algumas pessoas que não aceitam o fim de uma relação.

Dito isso… o piloto de Man Seeking Woman é fraquíssimo!

Apesar de uma ideia bem pensada (já explicada nos parágrafos anteriores), ela é mal executada. Sendo uma comédia – e a ideia primária de toda comédia é, basicamente, te fazer rir de alguma coisa (ou mostrar algum tipo de humor para você refletir) -, o piloto é cansativo, sem gosto, e não te faz rir. Ok, tem as ironias já descritas nesse post, mas que foram tão mal implementadas que fez com que muita gente passasse batido por elas.

E apesar da audiência do canal FXX ainda não ser tudo isso (por ser um canal mais novo), ter apenas 300 mil testemunhas vendo esse piloto nunca é um bom sinal. É uma prova clara que a audiência não comprou a premissa principal da série, e isso pode ser um indício de que ela não vai sobreviver por muito tempo.

Entendo que independente do fato de você perceber ou não que Josh está sabotando a própria vida amorosa de propósito, e que a série quer brincar com esse sentimento de ‘fui chutado e tudo o que eu vejo ao meu redor é uma grande porcaria’, Men Seeking Woman é fraca como um todo. É o típico caso de uma boa ideia mal implementada.

Pode até ser que melhore com o passar dos episódios, mas não vou conferir isso acontecendo. Foi-se o tempo em que eu guardava esperanças sobre a evolução de um enredo. Não sou pago para persistir em pilotos que não me convencem nos primeiros 20 minutos.

Mas boa sorte para quem pretende continuar.

FXX cancela The League

by

the-league-ending

O canal FXX anunciou oficialmente que a série The League chega ao fim na sua sétima temporada.

A comédia focada no mundo do ‘fantasy sports’ volta para a sua fase final no começo de 2015. Originalmente exibida no FX, The League era estrelada por Mark Duplass, Stephen Rannazzisi, Nick Kroll, Paul Scheer, Jon Lajoie e Katie Asleton, e contava a história de um grupo de amigos que se encontravam constantemente para discutir e participar dos fantasy games de futebol americano.

+info

FX e FXX renovam as séries You’re the Worst e Married

by

Youretheworst

Os canais FX e FXX renovaram oficialmente as séries Married e You’re the Worst para a segunda temporada de cada uma delas. Além disso, a série You’re the Worst será deslocada para o canal FXX.

Married, estrelada por Nat Faxon e Judy Greer, registrou uma média de audiência na primeira temporada de 680 mil telespectadores, com demo de 0.3. Com a audiência dos DVRs, a média da temporada subiu para 1.9 milhão na audiência geral, com demo de 1.3.

Já You’re the Worst, estrelada por Chris Geere e Aya Cash, teve na primeira temporada uma audiência média de 560 mil telespectadores, com demo de 0.2 junto ao público alvo.

+info

Legit é cancelada pelo FXX, e Chozen é cancelada pelo FX

by

chozen_fx_a_l

Um dois em um de séries canceladas. O FXX cancelou a comédia Legit, depois de duas temporadas. E o FX (que é do mesmo grupo – Fox) cancelou a comédia de animação Chozen, depois de uma temporada.

Legit (que só o @oEduardoMoreira gostou, pelo visto) estreou no FX, e foi transferida para o novo canal FXX na segunda temporada. Já Chozen, mesmo ficando em um canal maior, não sobreviveu.

Apenas para vocês saberem. Pronto, podem ir almoçar.

Via

Legit terá participação de Carrie Fisher

by

 

carrie-fisherTeremos uma overdose de Carrie Fisher na TV nos próximos meses. Além de fazer uma participação em The Big Bang Theory, a atriz também aparecerá em Legit, do canal FXX.

Fisher, conhecida principalmente por ser a princesa Leia na trilogia original de Star Wars, será Angela Greenberg, uma executiva agressiva que marca uma reunião com Jim (Jim Jefferies). Sobre a personagem, Fisher comenta:

Ela é uma executiva do showbiz confiante e crassa, que sabe o que quer e não se importa com o que os outros pensam. O talento de Jim não importa para ela. Ela está interessada nele sexualmente e irá conseguir o que ela quer.

Via

FXX compra os direitos de todas as temporadas de The Simpsons, no maior acordo de Syndication da história

by

simpsons_a

Enquanto todo mundo estava curtindo o feriado aqui no Brasil, o canal FXX anunciou nos Estados Unidos hoje (15) que adquiriu de forma exclusivo os direitos de exibição de todas as 24 temporadas de The Simpsons (Fox) para a TV paga.

Os episódios começam a ser exibidos no canal em agosto de 2014, e os direitos são exclusivos do FXX para a TV paga, VOD (Video On Demand), FXNOW (aplicativo para dispositivos móveis) e direitos não lineares sobre todos os 530 episódios das primeiras 24 temporadas da animação.

Os valores da transação não foram revelados, mas estima-se que esse é o maior acordo de compra de uma série de Syndication da história. Estima-se que cada episódio de The Simpsons pode variar em seu valor entre US$ 1 milhão e US$ 2 milhões por episódio. Com isso, calcula-se que o valor pago na negociação gire entre US$ 550 milhões e US$ 1 bilhão.

O acordo prevê que as temporadas subsequentes também entram nesse acordo. A atual temporada 25, em exibição no canal Fox, estreia no FXX em setembro de 2014, quando a temporada 26 estrear na Fox.

Alguns pontos precisam ser explicados nesse post. O primeiro deles é que desde o mês de julho The Simpsons já era procurada para um acordo para exibição na TV paga. O principal candidato era o TBS, do grupo Turner, que já pensava em fazer uma oferta pelos episódios. Porém, a própria Fox decidiu manter a série dentro do grupo 20th Century Fox.

O segundo ponto a ser explicado é que, apesar do FXX pertencer ao grupo 20th Century Fox, esses canais trabalham de forma independente, e por ser uma transferência para a TV paga, os direitos obrigatoriamente precisam ser adquiridos e pagos, até mesmo pelo fato de produtores e elenco terem direito aos bônus equivalentes à transação.

De qualquer forma, ao que tudo indica, todos ficaram satisfeitos com o acordo. A Fox, que vai ganhar uma grana (seja pela própria 20th Century Fox, mas pelos direitos comerciais que o FXX vai faturar com a exibição dos episódios), o grupo 20th Century Fox como um todo, e os criadores, produtores e elenco da série, que ganham um pouco mais.

Via THR