Em recente entrevista para promover a estreia de Jogador Número Um, Steven Spielberg foi questionado sobre temas interessantes envolvendo o cinema. E deu respostas igualmente interessantes.

Um jornalista questionou a Spielberg se ele pensava em seguir os passos de seu amigo George Lucas e retocar digitalmente os seus velhos filmes para melhorar a imagem ou adicionar detalhes.

Spielberg lembrou que já fez isso em E.T. – O Extraterrestre, e reconheceu que isso foi um erro que ele jura que jamais vai repetir. Alegou que o fez a pedido da Universal, que queria relançar o filme e alcançar um público maior.

Na época, Spielberg ouviu as críticas sobre “como você pode arruinar nosso filme favorito”. Imagina se as redes sociais tivessem a profusão que temos hoje.

 

 

Spielberg também falou sobre a Netflix, que conseguiu indicações ao Oscar por Icarus e Mudbound (essa última fazendo história, sendo o primeiro longa de ficção da plataforma de streaming a conseguir indicações ao Academy Awards – quatro indicações).

Para Spielberg, isso foi um erro, pois filmes de televisão deveriam ser indicados ao Emmy, e não ao Oscar.

O cineasta também é contra as estreias simbólicas, que acontecem em poucas salas e durante poucos dias, para obter indicações e prêmios de filmes que estreiam em grandes redes. Para ele, as produções da Netflix, HBO e Amazon estão prejudicando o cinema, pois esses serviços chegam com a promessa de vasto orçamento para estreias em poucas salas, apenas para concorrer aos prêmios.

Spielberg complementa seu ponto de vista afirmando que, uma vez que você se comprometer em um formato televisivo, você está fazendo um telefilme e, por isso, merece ganhar um Emmy e não um Oscar.

Por fim, Steven Spielberg revelou que as filmagens de Indiana Jones 5 começam em abril de 20189. Lembrando que Harrison Ford volta como protagonista. A Disney estabeleceu que o longa estreia nos EUA em 20 de julho de 2020. Não há mais informações sobre o elenco além de Ford como protagonista e Shia LaBeouf fora do projeto.

 

 

 

 

Via SlashFilm