disney fox

A notícia do mês. Quem sabe, a do ano. A Disney comprou a maior parte da 21st Century Fox por US$ 52,4 bilhões.

A Disney não para de crescer. Tem a Pixar, a Lucasfilm, a Marvel… e esses são apenas os primeiros passos para controlar o mercado de animação para, depois disso, manter o controle das sagas cinematográficas que são tendência no momento.

A compra da Fox vai além: obter franquias, sub-selos e propriedades intelectuais.

Agora, a Disney é dona da Searchlight, Home Entertainment, Blue Sky, FX, National Geographic, canais a cabo de negócios, esportes regionais, redes internacionais (Star India) e 39% do canal britânico Sky.

E tudo isso foi previsto pelos Simpson em novembro de 1998.

 

 

Esse post revisa algumas das novas propriedades da Disney, onde o Mickey Mouse com certeza fará crossover em algumas delas, tal e como aconteceu com Star Wars logo depois da compra da Lucasfilm.

 

Cinema clássico (e não tão clássico assim)

 

Aqui, tudo o que foi produzido pela Fox desde 1915, como os primeiros filmes da estrela infantil Shirley Temple, o formato Cinemascope, filmes com Marilyn Monroe, Cleópatra (com Elizabeth Taylor), MASH, quase toda a filmografia de Mel Brooks e muitos outros filmes lendários.

Sem falar nos clássicos e sucessos modernos como Titanic (co-propriedade com a Paramount), a franquia Kingsman, a franquia de animação Rio, as animações de Charlie Brown e Snoopy e a saga A Era do Gelo.

Muitos dos filmes farão parte do futuro serviço de streaming da Disney, que cada vez mais se torna uma séria ameaça à Netflix, HBO, Amazon e companhia. Além disso, a Disney agora é a principal proprietária do Hulu, que pode vir a ser a base do novo serviço de streaming da empresa.

 

 

Super Heróis

 

A partir de agora, a Disney tem tudo o que a Marvel tem, incluindo X-Men e mutantes (a palavra ‘mutante’ passa a fazer parte do vocabulário da MCU). Ficam de fora o Homem-Aranha, que continua a ser da Sony, mas a parceria com a Marvel é cada vez mais sólida, e o Quarteto Fantástico, que tem a sua própria batalha legal.

 

 

Cinema Fantástico

 

As franquias Alien e Predador agora são da Disney, mas a lista de séries e sagas no tema de fantasia é interminável: desde os vários reboots de O Planeta dos Macacos até Rocky Horror Picture Show, passando por Viagem Fantástica e A Mosca.

Mas o mais importante dentro dessa categoria é Avatar, onde a Disney pode fazer miséria com esse tipo de história. De bônus, recebe o filme original Star Wars Episódio IV (Uma Nova Esperança), que não estava na compra da Lucasfilm. A Fox ainda tinha os direitos de uso do filme de 1977. Quem sabe agora a versão remasterizada e sem os retoques digitais de Lucas finalmente é lançada.

 

 

Televisão

 

Vamos lá: Batman dos anos 60 (isso mesmo… a série foi produzida pela Fox, mas agora a Disney tem os direitos da série com personagens que são da Warner), Buffy, e várias séries produzidas pela Fox ao longo de mais de 30 anos de TV desembarcam nas plataformas da Disney.

Mas o grande ganho aqui é, sem sombra de dúvida, The Simpsons. Fará a alegria das crianças no serviço de streaming da empresa.

Outras animações adultas também chegam no pacote de compra: Family Guy, American Dad, King Of The Hill, Archer, Bob’s Burgers e todas as animações infantis da Fox Kids.

Além disso, Modern Family já era exibida pela ABC (do grupo Disney), mas agora Mickey passa a ser dono do estúdio que produzia a série. American Horror Story, Fargo, How I Met Your Mother, Futurama, Firefly e Arquivo X também entram no pacote de compra.

E… quem diria… Dana Scully virou uma princesa da Disney…

Essa piada final era inevitável!

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui