Três meses depois de lançar o primeiro trailer, a Warner apresentou o segundo preview de POKÉMON Detetive Pikachu, filme live action da franquia de animação. É um vídeo com mais ação e cenas das criaturas, e cada vez mais eu entendo que o filme parece bem divertido. Ou assim espero que seja.

A interpretação de Ryan Reynolds como Pikachu tem tudo para ser o segredo do sucesso desse filme. A versão dublada pode tirar um pouco dessa boa química. Entendo que é preciso oferecer opções para todos os gostos, e que a dublagem não atrapalha no cinema de animação. Mas nesse caso, eu prefiro ouvir as vozes originais.

O elenco é uma decisão criativa importante nesse caso, e colocar uma dublagem pode jogar no lixo um material que pode ser a alma do filme. Sem falar que a dublagem pode não contar com a supervisão dos profissionais do filme, o que deixa tudo pior.

POKÉMON Detetive Pikachu estreia em 10 de maio nos Estados Unidos. Tem direção de Rob Letterman (Shark Tale, Monsters vs Aliens, Gosebumps), e no elenco temos Ryan Reynolds, Justice Smith, Kathryn Newton, Suki Waterhouse, Rita Ora, Bill Nighy e Ken Watanabe, entre outros.

 

 

A história começa com o desaparecimento do grande detetive particular Harry Goodman. Tim (Justice Smith), seu filho de 21 anos, decide investigar o caso. Quem ajuda na investigação é o antigo companheiro de Harry, o Pokémon detetive Pikachu (Ryan Reynolds), que é terno, recorrente e gracioso, a ponto de se assustar com ele mesmo (inclusive).

Tim e Pikachu se dão conta que, de forma inacreditável, podem se comunicar fluentemente, e unem forças para embarcarem em uma emocionante aventura para revelar o grande mistério da trama. Enquanto procuram pistas nas ruas de Ryme City, uma metrópole moderna onde convivem pacificamente humanos e Pokémons, eles descobrem um complô que pode acabar com essa harmonia e ameaçar todo o universo Pokémon.

De novo: posso até me decepcionar, mas pelo menos por enquanto POKÉMON Detetive Pikachu está prometendo ser ótimo. Mas vamos aguardar com calma.