David Leitch, diretor de Atômica, confirmou que o filme terá uma continuação.

Há quem diga que o filme é uma cópia de John Wick, e que só serve para ver Charlize Theron explorando o seu lado mais Terminatrix. Já outros aproveitam o espetáculo argumental e estético de um filme que lembra os longas de espionagem da década de 70. Porém, arrecadando US$ 100 milhões (o triplo do seu orçamento), era difícil não aprovarem uma sequência do filme.

Charlize Theron também está confirmada no segundo filme, e deve repetir o elevado nível de exigência física exigido na atriz, que chegou a chorar depois de um intenso dia de gravações.

Nada se sabe sobre o argumento do filme, exceto que Leitch trabalhava nele a alguns meses. Mais notícias sobre o filme devem ser divulgadas nos próximos meses. Fiquem ligados!

 

 

 

Via IndieWire