A Luscasfilm e a Disney fizeram de Rogue One: Uma História Star Wars um teste, que foi bem sucedido. Criar uma nova franquia baseada em spin-offs da história principal é uma forma de capitalizar ainda mais em cima de uma das marcas mais fortes do cinema.

E estamos próximos da estreia de Han Solo: Uma História Star Wars. Apesar de todo o ceticismo em torno do filme, ele pode se tornar uma franquia de três partes. O próprio Ron Howard, diretor do filme, confirma isso, mas ressalta que a decisão de tudo é dos fãs de Star Wars.

A Lucasfilm e a Disney querem compromisso com atores jovens, mas não estabeleceu planos concretos. Mas Howard lembra que os dois filmes da franquia História Star Wars como histórias independentes explorando a galáxia. Todos esperam como as pessoas vão responder, e a partir da resposta dos fãs, decidir como vão explorar essa nova franquia.

As palavras (um pouco óbvias) de Hoaward complementam as recentes declarações de Alden Ehrenreich, que afirmou que seu contrato era para três filmes como Han Solo. Logo, pode ser que aconteça uma trilogia, mas pelo menos por enquanto, nada está em curso, e é o público que vai decidir.

Star Wars: Episódio IX está em produção, e na linha de projetos teremos o spin-off com Obi-Wan Kenobi e uma nova trilogia sob o comando de Rian Johnson.

Han Solo: Uma História Star Wars estreia em 25 de maio, depois de uma premiére de luxo no Festival de Cannes.