E a gente achando que apenas pessoas como Mark Ruffalo e Tom Holland não sabiam guardar segredos sobre os filmes da Marvel Cinematic Universe…

Eu começo esse post com um aviso: se você não quer saber o maior spoiler sobre Vingadores: Ultimado já vazado até agora por alguém diretamente envolvido com o projeto, é melhor parar de ler esse post nesse momento. A partir de agora, você está prosseguindo por sua conta e risco.

Foram avisados.

Capitã Marvel estreia no Brasil em 7 de março, e a Marvel Studios liberou recentemente mais um trailer sobre o filme. A partir de agora, o elenco começou a trabalhar de forma efetiva na promoção do filme.

Um dos protagonistas é Samuel L. Jackson, que volta a interpretar Nick Fury na franquia. E ele está dando algumas entrevistas sobre esse filme. E também alguns detalhes MUITO ESPECÍFICOS sobre Vingadores: Ultimato.

A maior prova que Samuel L. Jackson passou tempo demais com Tom Holland durante as filmagens foi a mais recente entrevista que o ator deu para o Entertainment Tonight, enquanto ele animadamente descrevia as façanhas que a personagem interpretada por Brie Larson é capaz de realizar.

 

 

Porem, Samuel L. Jackson se empolgou tanto, que acabou contando algo que só vai acontecer em Vingadores: Ultimato.

“Ela é (disparado) a personagem mais forte do universo Marvel, no que se refere aos seus poderes.

Quero dizer, nesse momento, os Vingadores contam com possibilidades muito remotas de vencer. Constatamos isso em Guerra Infinita, e sabemos que agora precisamos de alguém tão poderoso quanto Thanos é.

E, em algum ponto, vamos nos dar conta do quão poderosa ela (Capitã Marvel) é em em todas as coisas que ela é capaz de fazer. Ela é uma das poucas personagens no Universo Marvel QUE PODE VIAJAR NO TEMPO, e…

 

Nem preciso continuar a frase.

Nick Fury acabou de confirmar de forma indireta uma das teorias mais comentadas nos últimos meses, e isso pode ser decepcionante para algumas pessoas. Agora é possível imaginar em como (mais ou menos) Vingadores: Ultimato vai resolver o seu maior conflito, e isso pode ser desinteressante para algumas pessoas.

Ou não. Tal informação pode instigar ainda mais para levar um verdadeiro exército aos cinemas. É preciso dar para a Marvel o benefício da dúvida, não é mesmo?

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui