A Disney confirmou que Charlie Bean (The LEGO Ninjango Movie) será o diretor do remake de A Dama e o Vagabundo.

Bean também tem créditos em episódios das séries de animação Robotboy e TRON: Uprising, além de escrever roteiros para O Laboratório de Dexter e Samurai Jack.

O novo A Dama e o Vagabundo vai combinar animação com live-action, de forma semelhante ao que aconteceu em Mogli – O Menino Lobo e A Bela e a Fera.

O filme mostrará a história de dois cachorros muito diferentes: a Dama, a cocker spaniel de família abastada, e o Vagabundo, um esperto vira-lata criado nas ruas. Depois que os donos da Dama tiveram um filho, o animal acaba nas ruas, e precisa sobreviver pelos seus próprios meios.

Uma vez em perigo, o Vagabundo a salva, e tenta ensiná-la que existe uma vida além da sua cômoda residência.

A ideia da Disney é que o remake de A Dama e o Vagabundo será um dos filmes considerados essenciais para o serviço de streaming que será lançado em 2019. A ideia é que a plataforma estreie entre quatro e seis filmes exclusivos, para assim competir com a Netflix e a HBO.

 

Via THR