65th_emmy_awards

Uma categoria quase que totalmente dominada pelos talk shows ou programas humorísticos com uma pegada política/jornalística. E o Saturday Night Live como intruso. A cada ano, a categoria que envolve os programas de variedades ganha mais e mais importância para a crítica e o público, principalmente pela relevância que esses programas ganham para o espectador.

The Colbert Report (Comedy Central)
O principal concorrente de Jon Stewart (até porque é considerado um spinoff do The Daily Show). Colbert conseguiu criar uma identidade própria, oferecendo soluções muito inteligentes, utilizando de uma acidez singular e convidados de peso. Sem falar que Colbert é, hoje um dos principais referenciais políticos e culturais dos EUA.

The Daily Show with Jon Stewart (Comedy Central)
O principal concorrente de Stephen Colbert (até porque foi o programa que deu origem ao The Colbert Report). Jon Stewart é “O” cara. Carismático, inteligente, sarcástico e divertido, fez do The Daily Show o talk show de maior prestígio da atualidade. E, mesmo ficando três meses fora para dirigir o seu primeiro filme, o programa não sofreu nenhuma queda na audiência.

Jimmy Kimmel Live (ABC)
O nome de Jimmy Kimmel recebeu muito destaque na ABC nos últimos anos. Apresentou o Emmy Awards 2012, e foi um daqueles que conseguiu fazer algumas das melhores entrevistas da temporada (sem falar nas matérias/paródia, como a do lançamento do iPhone 5). Não é um dos favoritos máximos para vencer, mas vale a pena ficar de olho. Pode ser a zebra “não tão zebra assim”.

Late Night with Jimmy Fallon (NBC)
Foi uma grande temporada para Jimmy Fallon (apesar de sua sitcom, Guys With Kids, ser cancelada pela NBC). Fallon vai assumir o posto de Jay Leno no Tonight Show, produziu alguns dos virais mais vistos da internet, e o seu Late Night melhorou muito nessa temporada. Não deve vencer, mas sua indicação é a confirmação que está entre os melhores.

Real Time with Bill Maher (HBO)
Menos conhecido do público brasileiro, mas muito prestigiado entre os norte-americanos. Por contar com a liberdade naturalmente oferecida pelos canais HBO, pode ousar ainda mais, falando abertamente de temas polêmicos e valer de piadas controversas. Como por exemplo permitir que o ator Zach Galifianakis acendesse e fumasse um baseado durante um debate sobre o consumo de drogas.

Saturday Night Live (NBC)
É o único da lista que não é um talk show, e o que mais justifica o nome “variedades”. O mais tradicional programa de variedades dos EUA é mais uma vez indicado ao Emmy Awards, com uma temporada com participações de peso, mas com desfalques no elenco. Em constante reformulação, o programa de Lorne Michaels continua sendo uma das maiores audiências do canal do pavão.