O setor de streaming mudou para sempre a forma em que consumimos filmes e séries. Mas… quanto dinheiro investe empresas como Amazon, Disney, Netflix ou HBO para produzir esse conteúdo?

Apenas em 2017, foram produzidos mais de 50 títulos originais na Netflix, que foi acompanhada pela Amazon (23 séries originais), YouTube Red (16) e Hulu (8). Isso mostra como a produção original é a palavra do dia em todas as plataformas de streaming.

 

 

Mas isso não é o suficiente para avaliar o interesse de cada empresa no mercado. Os valores investidos mostram como tudo isso está mudando no mundo do cinema e TV.

A NBCUniversal lidera esse ranking em 2017, com mais de US$ 10 bilhões investidos. Fox e TimeWarner investiram US$ 8 bilhões, e a Disney apostou US$ 7.8 bilhões.

 

 

Mas o mais impressionante é como os serviços de streaming também estão investindo pesado em novos conteúdos. A Netflix já está no Top 5 nesse aspecto, com US$ 6.3 bilhões para novos filmes e séries em 2017.

Os números de 2017 mostram como o setor mudou muito mais rápido que o imaginado. Os gigantes de streaming apostam cabeça a cabeça com as grandes produtoras de TV e cinema. No caso específico da TimeWarner, ela ainda pode se mante forte, pois está nos dois segmentos (TV tradicional e streaming da HBO).

Mesmo com as plataformas online oferecendo um amplo catálogo de filmes e séries de diferentes produtoras, o segredo do seu sucesso está nas produções originais disponíveis de forma exclusiva.

É a receita do sucesso da Netflix, que não mede os gastos na hora de produzir séries próprias que sabem que serão um sucesso na audiência.

O mesmo a HBO fez com Game of Thrones, a série mais assistida do mundo e que só está disponível online (de forma oficial) na sua própria plataforma.