Extinct

Quando vejo Halle Berry nessa foto, penso em várias coisas… mas é melhor eu não falar sobre isso agora.

O negócio é o seguinte: a CBS decidiu mudar o horário de exibição de Extant nos Estados Unidos, para uma hora mais tarde (de 9 PM para 10 PM), dando espaço para receber a audiência de Under the Dome, que é maior. Muitos podem pensar que esse é “um pequeno ajuste de grade, para colocar a série em um horário mais adequado para o seu perfil”. Ok. Mas na prática, é sinal amarelo para a série de Steven Spielberg.

Extant já recebia a audiência do programa mais visto da noite, o reality Big Brother. E, mesmo assim, a história do alienígena fantasminha que engravida a Mulher Gato não colou: a estreia da série teve uma forte audiência de 9.6 milhões de espectadores (algo já esperado, pois se tem uma coisa que o ser humano tem é a curiosidade), mas com o passar dos episódios, a audiência foi caindo, até alcançar os 6.5 milhões do último episódio.

O que salva Extant por enquanto é a audiência dos DVRs, que gera um aumento próximo a 50%, além de acordos feitos com a Amazon (Prime) fora dos EUA. Sem falar na distribuição internacional, que deve ser grande (afinal, tem Halle Berry e Steven Spielberg).

Mesmo assim… se com essa mudança a série não reagir na audiência doméstica… pode ter o mesmo fim da vaca sem vísceras, cortada ao meio pela doma (jamais me esquecerei disso). Aliás, essa mudança é uma vitória para Under the Dome, que pode não ser essa maravilha toda que pregam, mas ao menos dá uma excelente audiência para a CBS na summer season.

Agora… que a CBS não invente de cancelar a série sem mostrar como a Mulher Gato ficou grávida do ET fantasminha. Afinal de contas, seria sacanagem com o @fabiano_sjc, que já está desesperado com essa possibilidade.