man-seeking-woman

Eu poderia resumir Man Seeking Woman, a nova ‘comédia’ do canal FXX, na imagem acima. Mas como acho que será necessário pontuar algumas coisas na produção, estou aqui, cumprindo com o meu dever cívico de oferecer as informações que você deseja, e até te prevenir do desastre que está por vir. Sim, pois apesar de entender a ideia, eu não compreendo a sua execução, ou por que foi executada desse jeito.

Man Seeking Woman é uma comédia de situação sobre relacionamentos, centrada em um personagem: Josh Greenberg. Josh é um fracassado de vinte e poucos anos, que depois do fim de um relacionamento de alguns anos com aquela que ele jurava ser o grande amor de sua vida, terá que seguir em frente, e ver um mundo cheio de possibilidades ao seu redor. É claro que no começo ele acha tudo uma m*rda, com uma nuvem de chuva torrencial na sua cabeça o tempo todo, e até urubus e outras aves caindo sobre sua cabeça. Mas está tudo bem.

Diante de um cenário pessimista, Josh inicia sua tentativa em encontrar um outro alguém, além de tentar esquecer aquela que ele entendia que era para sempre. Nessas idas e vindas, ele tem encontros com gárgulas (ou uma troll, como ele mesmo define), e descobre que sua ex já estava com outro, que é ninguém menos que Adolf Hitler, que ainda consegue dar umazinha no alto dos seus 126 anos de idade. Não me perguntem como.

Quando Josh acha que está tudo perdido, ele encontra aquela menina interessante, esperando o mesmo metrô que ele. Consegue o telefone dela, e a partir daí um mundo novo se abre para ele. É o início de uma nova fase, onde ate o Presidente dos Estados Unidos liga para ele, parabenizando nosso ‘herói’ por sua iniciativa em seguir em frente.

E a temporada (se a série sobreviver), vai mostrar como será a vida amorosa de Josh daqui para frente.

man-seeking-woman-02

Antes de seguir com os comentários sobre o piloto, eu preciso deixar bem claro uma coisa.

Eu entendi perfeitamente o que Simon Rich (criador da série) e Lorne Michaels (produtor da série) quiseram fazer. É evidente que Josh não se encontrou com um monstro comedor de lixo, que a sua ex não está com o maior FDP da história, e que ele não virou um popstar porque conseguiu o telefone de uma mulher depois de ser chutado por outra mulher. Tudo isso são as tais ‘metáforas da vida’, que eu percebi que algumas pessoas não entenderam.

Quem já foi deixado por outro alguém já passou por isso. Depois do fim, tudo ao seu redor vira uma grande e fedorenta bola de m*rda, ninguém mais presta, e não existe mais a felicidade na sua vida. Na cabeça de Josh, a menina sueca que a irmã mais velha arrumou para ele (que deveria até ser bonitinha) era um monstro horroroso. O atual namorado de sua ex é um FDP no nível de Adolf Hitler, e por aí vai.

Tudo para Josh é exagerado, porque ele está sofrendo pelo fim, e não quer ver nada de forma positiva. E isso realmente acontece com algumas pessoas que não aceitam o fim de uma relação.

Dito isso… o piloto de Man Seeking Woman é fraquíssimo!

Apesar de uma ideia bem pensada (já explicada nos parágrafos anteriores), ela é mal executada. Sendo uma comédia – e a ideia primária de toda comédia é, basicamente, te fazer rir de alguma coisa (ou mostrar algum tipo de humor para você refletir) -, o piloto é cansativo, sem gosto, e não te faz rir. Ok, tem as ironias já descritas nesse post, mas que foram tão mal implementadas que fez com que muita gente passasse batido por elas.

E apesar da audiência do canal FXX ainda não ser tudo isso (por ser um canal mais novo), ter apenas 300 mil testemunhas vendo esse piloto nunca é um bom sinal. É uma prova clara que a audiência não comprou a premissa principal da série, e isso pode ser um indício de que ela não vai sobreviver por muito tempo.

Entendo que independente do fato de você perceber ou não que Josh está sabotando a própria vida amorosa de propósito, e que a série quer brincar com esse sentimento de ‘fui chutado e tudo o que eu vejo ao meu redor é uma grande porcaria’, Men Seeking Woman é fraca como um todo. É o típico caso de uma boa ideia mal implementada.

Pode até ser que melhore com o passar dos episódios, mas não vou conferir isso acontecendo. Foi-se o tempo em que eu guardava esperanças sobre a evolução de um enredo. Não sou pago para persistir em pilotos que não me convencem nos primeiros 20 minutos.

Mas boa sorte para quem pretende continuar.