12-monkeys-syfy

Se eu disser para vocês que eu vejo uma evolução nos pilotos do SyFy, vocês vão me levar a sério? Sim, eu poderia estar zoando com muita força o ‘canal mais legal do mundo’ (obrigado, SyFy, por colocar Sharknado na minha vida), mas não é esse o caso. O piloto de 12 Monkeys é bem aceitável. É claro que não tenho qualquer tipo de garantia de que a série será boa. Mesmo assim, as primeiras impressões são boas.

Partindo da premissa geral do filme ’12 Macacos’, temos aqui dois cenários bem diferentes e igualmente complicados. No futuro, temos um planeta Terra irreconhecível onde os valores morais e éticos foram deturpados, e as poucas pessoas que sobreviveram precisam lutar pela sobrevivência a todo custo. Esse cenário de caos começou em 2015, quando uma doença misteriosa dizimou praticamente a população do planeta.

Nesse futuro, uma equipe de especialistas tenta evitar que o passado aconteça da forma como aconteceu. Para isso, manda um agente para o passado, para eliminar aquele que foi considerado o responsável pela disseminação do tal vírus. Esse agente conta com a ajuda de uma virologista, que no final das contas será mais útil do que se imagina, uma vez que eliminar o suposto culpado não foi o suficiente para resolver o problema.

Até porque eles descobrem que não temos apenas um responsável pela epidemia, mas sim uma organização denominada ‘O Exército de 12 Macacos’, que é quem realmente vai provocar todo o caos no planeta. O que torna a missão do viajante do tempo e da virologista algo muito maior e mais complexo.

NUP_165430_0040.jpg

O piloto de 12 Monkeys é tecnicamente bom. O SyFy não ofendeu minhas retinas com os efeitos visuais, e o roteiro do piloto está bem redondo. Eu me esforcei para encontrar barrigas de roteiro ou erros de continuidade, e apesar de alguns eventos considerados desnecessários (como por exemplo a festa de gala), o piloto consegue entregar e bem a história geral da série, sem cair na galhofa. E isso é sempre muito bom.

O elenco também ajuda a comprar a ideia. Poderia ser algo que comprometesse completamente a proposta geral da série, mas não é isso o que acontece. Aliás, um bom roteiro nessas horas ajuda e muito. Tem ator bom em série bunda que é prejudicado justamente porque os roteiristas não sabem escrever personagens minimamente razoáveis. Não é isso o que acontece no piloto de 12 Monkeys.

É claro que eu vou ficar com um pé atrás. Afinal de contas, estamos falando do SyFy, que é um canal que tradicionalmente consegue rapidamente transformar algumas de suas séries em uma galhofa completa, com argumentos absurdos e soluções ridículas. E isso pode acontecer com 12 Monkeys, de forma (quase) não surpreendente. Por isso, quero esperar mais um pouco para dizer se a série vale a pena ou não.

Mas para os fãs convictos de ficção científica (aka @fabiano_sjc), eu acho que a ideia geral de 12 Monkeys é mais que suficiente para despertar o interesse desse público. Com um piloto bom (levando em consideração tudo aquilo que o SyFy já entregou para o telespectador), fica mais fácil atrair o interesse dessa galera que curte epidemias, planetas em um futuro pós-apocalíptico e viagens no tempo.

Recomendo que você assista pelo menos ao piloto, e tire suas próprias conclusões. Eu, que não sou muito chegado nesses paranauês de ficção científica, gostei do que vi. E me arrisco a dizer que esse é o melhor piloto que vi no SyFy até agora.