Nem tudo funciona na Marvel. Enquanto a Marvel Cinematic Universe vai muito bem obrigada (com Kevin Feige controlando tudo com mão de ferro ou com a manopla do Thanos), as séries de TV não gozam de boa saúde. Especialmente na Netflix.

Não. Não vou falar de Inumanos da ABC. Aquilo nem foi série que preste, pra começo de conversa.

Punho de Ferro de Luke Cage estão canceladas, Os Defensores foi uma temporada só, e os futuros de Demolidor, The Punisher e Jessica Jones (essas duas com novas temporadas garantidas) é incerto. Além disso, a Disney, dona das franquias da Marvel, já anunciou que não teremos novos projetos na plataforma de streaming.

A pergunta que fica é: por que a Netflix não conseguiu dar a mesma homogeneidade nas séries que a Marvel alcançou com os filmes da MCU?

A culpa pode ser da própria Netflix.

 

 

Afinal de contas, a DC/Warner conseguiu isso com as séries do Arrowverso na CW. E olha, que no meio do caminho eles tiveram que fazer mudanças, como por exemplo Supergirl estreando na CBS para depois se juntar aos amiguinhos na CW. Sem falar que eles incluíram Superman e Lois Lane nesse universo sem fazer muito estardalhaço (e sem as decisões patéticas de Zack Snyder).

Um dos problemas da Netflix é que os personagens da Marvel foram levados muito a sério, e quem assiste séries de heróis tem um perfil mais juvenil, com a tendência de gostar de algo mais descolado e descontraído, tal e como acontece com as séries do Arrowverso na CW.

Não que a gente não queira séries ou filmes de heróis com um tom mais sério e sombrio, mas não era exatamente a vibe desses personagens. Histórias mais elaboradas e originalmente mais sombrias e complexas podem render séries mais sérias.

 

 

Agora, com o castelo de cartas da Netflix caindo e a Disney puxando o tapete bonito com o lançamento do Disney+, a tendência é que a plataforma de streaming vai ter que lançar séries de heróis originais, com outras fontes, de outros escritores. E sem Marvel ou DC, começa a ficar difícil.

Ou quem sabe Robert Kirkman apresenta algo interessante.

Por outro lado, a Disney vai turbinar bem o Disney+ com os heróis da Marvel. Loki já foi confirmado. Feiticeira Escarlate pode rolar, assim como a dupla Soldado Invernal + Falcão. E, diante disso, nesse caso, o céu é o limite: pensem nas participações especiais que essas séries podem receber por causa do universo dos Vingadores?

 

 

Em resumo: se a Netflix tivesse a mesma envergadura da MCU nos cinemas, quem sabe o resultado de terra arrasada não estaria estabelecido. Ou quem sabe se a própria Marvel investisse um pouco mais nas suas séries (e isso incluo as séries na ABC, já que Agents of SHIELD está lá e nem sabemos direito por que), e não trabalhando de forma quase laboratorial com esses projetos.

Mas a realidade é a que vemos hoje é essa. E a Netflix vai chorar na cama que é lugar quente.