Uma grande surpresa. Depois de 18 anos no topo das indicações, a HBO perde esse trono para a Netflix, que recebeu mais indicações ao Emmy Awards 2018.

Mesmo assim, a HBO ainda tem motivos para comemorar. Game of Thrones (22) e Westworld (21) lideram as indicações desse ano, superando Saturday Night Live (21) nesse ranking.

A Netflix obteve 112 indicações no geral, superando a HBO, com 108. Isso mostra como o streaming mudou tudo de uma vez por todas, e que estamos em um movimento de transformação que não tem mais volta.

Também reforça em como a aposta da Netflix pelas produções originais é acertada, entregando ótimos resultados financeiros e de visibilidade para a plataforma.

É um duro golpe para o modelo tradicional de TV que tivemos por décadas, e uma vitória para os serviços VOD, reforçando o movimento de abandono da TV a cabo por parte dos próprios usuários. Isso faz com que a própria HBO aposte no novo modelo de negócio, pois sabe que a audiência está nesse formato.

A série da Netflix mais indicada é The Crown (13), seguida por Godless (12) e Stranger Things (12). Ou seja, mesmo com a HBO com as séries mais indicadas, a Netflix ganha vantagem por ter mais séries com várias indicações, o que mostra a qualidade em várias séries da plataforma.

Em 2017, a HBO obteve 111 indicações, enquanto que a Netflix ficou com 91. Aqui, a diferença aconteceu com Big Little Lies.

Em 2018, as indicações foram distribuídas dessa forma:

Netflix – 112
HBO – 108
NBC – 78
FX Networks – 50
CBS – 34
ABC – 31
Hulu – 27
Amazon – 22
Showtime – 21
National Geographic – 17
Fox – 16
VH1 – 12
CNN – 10

Agora, se você quer colocar a Disney nessa equação, que agora é dona dos canais FX, Hulu, NatGeo e Fox (além da ABC), o monstro do Mickey tem 141 indicações.

 

Um bônus: Rick and Morty obteve a sua primeira indicação ao Emmy como melhor série de animação.