Eu ainda não assisti a versão de Bradley Cooper para Nasce Uma Estrela, mas depois de tudo o que eu estou lendo sobre o filme, a minha vontade de sair correndo para ver o remake do clássico de 1976 só aumentam.

Ainda mais agora que o universo da cultura pop decidiu promover o hype do filme da forma mais espontânea e lógica possível, colocando gasolina em uma rivalidade que já tem algum tempo. Na verdade, já vamos para quase 10 anos de fight entre dois nomes poderosos da cultura pop.

Lady Gaga vs Madonna.

Mas antes, é preciso dizer que Nasce Uma Estrela está sendo aplaudido e elogiado por todos os especialistas do setor. O filme é aplaudido por longos minutos em suas exibições em festivais de cinema ao redor do mundo, e o barulho por “indicação ao Oscar” para Lady Gaga pela sua interpretação de Ally já começou.

Não duvido da competência de Lady Gaga. É uma excelente cantora, uma ótima entertainer, e já mostrou todo o seu potencial de atriz ao vencer o Globo de Ouro por sua interpretação em American Horror Story: Hotel.

Não seria a primeira indicação ao Oscar para Lady Gaga. Mas como Melhor Atriz, seria a primeira indicação. Algo que Madonna nunca conseguiu.

Devemos lembrar que Madonna não venceu o Oscar de Melhor Canção Original para ‘You Must Love Me’ (de Evita, 1997), porque ela não é uma das compositoras da música (foi apenas a intérprete).

Porém, uma das grandes possíveis frustrações na carreira de Madonna foi não ser indicada por sua atuação de Evita Perón nesse mesmo filme. Muitos entendiam que ela merecia estar indicada. Já outros discordam frontalmente da opinião desses muitos.

Fato é que rumores apontam para uma eventual insatisfação de Madonna com essa eventual indicação de Lady Gaga. Algo que é bem plausível, levando em conta a clara rivalidade entre as duas.

Rivalidade essa que já está turbinando o hype de Nasce Uma Estrela, que estreia no Brasil em 11 de outubro.