Deixando de lado a polêmica com o copo de café do Starbucks, fato é que o quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones está acumulando várias críticas, ao ponto do iMDB catalogar o mesmo com a pior nota de sua história. E com um bônus: nenhum episódio da série da HBO ficou com nota abaixo de 8.

Porém, toda a temporada final de Game of Thrones está envolta em polêmicas. Mas… a ponto de ser considerada a pior de todas?

Vamos olhar para os números de popularidade dos episódios e tentar obter uma resposta.

Game of Thrones tem mais dois episódios para terminar por cima, mas a quantidade de tramas e personagens dificultam tal missão. Tal cenário lembra rapidamente o de Lost, que tinha uma legião de fãs mas com um final que gera polêmica até hoje.

Olhando apenas para os números obtidos nos últimos episódios, a recepção do público está abaixo das temporadas anteriores. O mais recente episódio registrou uma pontuação de 6.8, muito abaixo da média da série que é 9.

Apenas um episódio da quinta temporada conseguiu uma pontuação abaixo de 8.5 (onde Jaime Lannister estava em Dorne para resgatar Myrcella, onde se mostrou a enorme distância que havia entre a Casa Martell da série e a dos livros).

 

 

A elevada expectativa em torno da série faz com que muitos fãs fiquem insatisfeitos com o desenvolvimento de algumas tramas. Além disso, a temporada final contar com apenas seis capítulos não ajuda em nada a elaborar com calma todas as histórias. O resultado é uma pressa para encerrar as linhas argumentais, e isso está perceptível nos últimos episódios de Game of Thrones.

As primeiras temporadas contaram com a ajuda de George R.R. Martin, além de ter como base os livros já publicados. A partir da quinta temporada, a série assumiu o seu próprio caminho, e a oitava e última temporada é de total responsabilidade dos produtores.

Acaba sendo lógico ver a série avançar mais rápido, mas vários aspectos dessa decisão são criticados pelos fãs, com acontecimentos e consequências ficando de lado, e tais elementos são considerados importantes por muita gente.

No final, a temporada final de Game of Thrones só serve para fechar as histórias dos personagens, e em alguns casos, o final foi precipitado demais. E isso está irritando muitas pessoas, e com boa dose de razão.

Só faltam mais dois episódios. Ainda dá tempo de Game of Thrones surpreender de verdade. Caso contrário, todo esse legado pode ser profundamente arranhado.