No final de 2017, a Amazon anunciou que adquiriu os direitos de O Senhor dos Anéis para realizar uma série de TV. Uma franquia gigante nos cinemas, e que deveria ser gigante na TV também.

A Amazon superou Netflix e HBO pelos direitos da obra de J.R.R. Tolkien, com o objetivo de oferecer a sua “Game of Thrones” para atrair assinantes para a Amazon Prime Video.

Nesse post, compilamos tudo o que sabemos (ou acreditamos saber) até agora sobre a série baseada no universo da Terra Média. O contrato prevê cinco temporadas, e muitos detalhes não são conhecidos, mas já podemos ter uma ideia aproximada do que está por vir.

 

 

Quanto custou os direitos de O Senhor dos Anéis?

 

 

A Amazon Studios teria pago US$ 250 milhões para os herdeiros de Tolkien, a editora HarperCollins e a New Line Cinema. O valor prevê a realização de até cinco temporadas baseadas no universo de O Senhor dos Anéis, podendo utilizar material dos filmes e a ambientação criada ao seu redor. A série terá um roteiro próprio, e não estará ambientada na mesma época dos filmes.

 

 

Vai superar os custos de produção de Game of Thrones?

A série da HBO conta com oito temporadas, e seu costo é estimado em US$ 800 milhões (entre 10 e 15 milhões por episódio). A série da Amazon inicialmente terá cinco temporadas, com um orçamento de US$ 500 milhões para as primeiras temporadas. O valor engloba tudo, de elenco até efeitos especiais, passando por produtores. O custo total da série pode alcançar US$ 1 bilhão. Se isso acontecer, essa será a série mais cara da história da televisão.

 

 

Quando a Amazon prevê que a série vai estrear?

A produção deve ficar pronta em 2021, mas há algumas pessoas dentro da Amazon querendo a estreia da série já para 2020, algo pouco provável de acontecer por conta do tamanho da produção.

 

 

Quem será responsável pelo roteiro e produção?

A produção da série fica por conta de JD Payne e Patrick McKay (Godzilla vs Kong, Star Trek 4).

 

 

Peter Jackson está envolvido no projeto?

 

 

O diretor das duas trilogias que arrecadaram mais de US 6 bilhões nas bilheterias é um dos poucos seres humanos na Terra que melhor conhece a obra de Tolkien. Porém, apesar de não fazer parte das negociações com a Amazon, ele e o serviço de streaming tiveram conversas “amigáveis”, mas sem um acordo oficial até agora.

 

 

Em que época a série vai se situar?

 

 

Esta é a parte mais importante e a que está menos clara. São várias possibilidades, pois o universo de Tolkien é enorme. Uma das eras que mais ganhou força é aquela em que se baseia O Silmarillion. Porém, a compra dos direitos da Amazon não inclui essa obra, que foi publicada depois da morte de Tolkien. Lembrando que o acordo cobre grande parte, mas não todo o material conectado com a saga O Senhor dos Anéis. Há fontes que afirmam que a série da Amazon vai se centrar no jovem Aragorn.

 

 

Os atores originais dos filmes vão aparecer na série?

 

 

Ian Mckellen já opinou que deixa a porta aberta para voltar a interpretar Gandalf. Sean Astin intérprete te Sam, já disse que esperou por 15 anos por uma série de TV de O Senhor dos Anéis, mas que não se vê na produção por enquanto. Andy Serkis (Gollum), afirmou que o sucesso da série passa por “fazer algo novo e fresco”, eliminando referências do passado, incluindo atores como ele. John Rhys Davies (Gimli) já afirmou que a Amazon só busca dinheiro, e que Tolkien está se revirando em seu túmulo. Já Orlando Bloom não confirma nem opina, mas publica no seu Instagram as várias reuniões com atores que participaram da trilogia O Senhor dos Anéis. Não é um indício de sua presença na série, mas sim da nostalgia presente em alguns dos seus atores.

 

 

Quem será o responsável pela trilha sonora da série?

Ainda não foi anunciado, mas vale lembrar que Howard Shore foi compositor da trilha sonora dos filmes. Dito isso, o candidato mais forte é Jeremy Soule (Skyrim, Oblivion, Morrowind, Star Wars KOTOR e alguns jogos da franquia Harry Potter). 95% das pessoas entendem que é uma boa ideia ele assinar a trilha sonora da série.

 

 

Onde as filmagens da série vão acontecer?

 

 

Nova Zelândia é o ponto de fetiche de Peter Jackson, e a Amazon está negociando com o governo daquele país para conseguir melhores condições em impostos e taxas, além de construir um lugar adequado para filmagens e pós-produção em Auckland. Outra opção considerada é a Escócia.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui