A notícia da saída dos conteúdos da Disney do portfólio de séries e filmes da Netflix causou comoção em muita gente. Por enquanto, a decisão só afeta os Estados Unidos. Mas sabemos que, com o passar do tempo, isso vai se estender para outros mercados.

A Play (ou Disney Play) é a futura plataforma de streaming que a empresa do Mickey vai lançar em breve. Não foram revelados muitos detalhes sobre a plataforma, mas algumas coisas já podem ser compiladas em um post, para melhor compreensão de todos.

 

 

O que sabemos sobre a Play, a Netflix da Disney

 

A Play será lançada em 2019, com os testes começando nos Estados Unidos. Não há informações sobre quando a plataforma estará presente em outros países, e enquanto isso não acontecer, o conteúdo da Disney continua na Netflix nesses países.

A Disney aposta na relação custo-benefício, ou pelo menos quer entregar um serviço que seja mais barato que a Netflix para começar a competir com tudo o que tem. Preços não foram revelados, mas ao menos sabemos que serão valores menores que os cobrados pela atual líder do mercado de streaming.

Assim como a Netflix, a Play terá séries e filmes originais e especialmente criadas para a plataforma, de forma exclusiva. Por exemplo, os remakes de Dumbo e O Rei Leão, A Dama e o Vagabundo, Noelle, Toy Story 4 e Frozen 2. Não é pouca coisa.

Todo o conteúdo da Disney será encontrado na Play, incluindo o conteúdo que não mais estará presente na Netflix, como as franquias Star Wars e Marvel Cinematic Universe. Você vai encontrar tudo o que é da marca em um único lugar.

Por enquanto, isso é tudo o que sabemos, e tudo parece ser bem promissor. Vamos esperar que a promessa de economia se confirme quando o serviço chegar ao Brasil.

Sim, pois será mais um serviço de streaming que teremos que pagar para ver conteúdos exclusivos. E a conta não pode ficar muito cara para nós, meros mortais.