netflix

A Netflix aproveitou a estreia de Os Defensores para falar um pouco sobre o funcionamento do seu algoritmo que determina as recomendações de séries de acordo com a série da Marvel escolhida pelo usuário.

O princípio é bem simples: 80% dos conteúdos novos são descobertos pelos usuários da Netflix a partir das recomendações e sugestões, determinados pela análise do comportamento do assinante.

Um usuário que gosta de intrigas políticas ou documentários pode gostar de séries como Black Mirror (ficção científica) ou Demolior (ambiguidade moral).

No caso das séries da Marvel na Netflix, estes são os perfis de gostos de acordo com cada produção, que derivam da descoberta e engajamento com o gênero de super-heróis, quando os usuários chegam até elas vindas de outras categorias de programas:

 

 

Isso explica por que algumas dassas quatro séries podem ter agradado mais do que outras. Os anti-heróis e a ambiguidade moral de Breaking Bad e House of Cards são elementos presentes em Demolidor, criando assim uma conexão na Netflix, e colocando os dois na mesma categoria.

Histórias criminais, ou com protagonismo feminino ou humor mordaz de Orange is the New Black acabam se alinhando com Jessica Jones. E assim vai.

 

A Netflix informa que, a cada 24 horas, o algoritmo recalcula o perfil de recomendações de mais de 250 milhões de usuários. Logo, leve a sério o que a Netflix te sugere como série nova. Afinal de contas, ele conhece algo de você que nem você sabia direito.