O sucesso de Riverdale estava motivando a CW a tentar o reboot de Sabrina, a bruxa adolescente, no formato de história de terror.

Estava.

A Netflix comprou os direitos da série, aprovando o projeto para duas temporadas com 10 episódios cada. O critério de escolha dos criadores do projeto foi bem simples: a Netflix hoje tem mais audiência que a CW.

Não foi informado se a série mantém a condição de spin-off de Riverdale, ou se vai tomar um caminho próprio, com uma história 100% independente.

Vale lembrar que a Netflix pode ter comprado o projeto para buscar uma nova fonte de universos compartilhados, depois da saída das séries da Marvel e dos projetos da Disney da plataforma.

A compra da série mostra o sucesso de Riverdale, o que fez com que a Netflix ficasse com Sabrina de forma exclusiva. Aliás, a audiência da série da CW aumentou na segunda temporada por causa da Netflix. Logo, o movimento aqui é bem lógico.

 

Via THR