house of cards

A Netflix levou horas para dar uma resposta ao escândalo sexual envolvendo Kevin Spacey, e já anunciou o cancelamento de House of Cards, com a sexta temporada da série sendo a última.

Spacey tornou pública a sua homossexualidade como desculpa para ter assediado sexualmente o ator Anthony Rapp, na época com 14 anos de idade (em 1986).

Casualidade ou não (a Netflix afirma que a decisão do cancelamento nada tem a ver com o escândalo de Spacey), fato é que é o fim de uma das séries mais aclamadas da atualidade.

A Netflix reforça que a decisão foi tomada a alguns meses, mas o timing acabou sendo desfavorável. Algumas fontes afirmam que o cancelamento era considerado, mas que os eventos das últimas horas foram a gota d’água. Elenco e membros da equipe criativa foram informados hoje (30) sobre a decisão.

Vale lembrar que a Netflix sequer chegou a confirmar que House of Cards teria uma sexta temporada, e o fato dos principais envolvidos com a série só tomarem conhecimento agora de uma decisão que foi tomada “a alguns meses” soa bem estranho. De qualquer forma, House of Cards chega ao fim em 2018.

O futuro de Spacey pode ficar comprometido muito além de House of Cards. As acusações feitas podem fazer com que a sua participação no filme biográfico sobre Gore Vidal, onde ele seria protagonista, seja cancelada.

Veremos o que acontece com o futuro do ator que é vencedor de dois Oscars depois desse verdadeiro tornado em sua carreira.