Natalia Dyer
Natalia Dyer em Stranger Things (Imagem: Divulgação/Netflix)

Intérprete de Nancy Wheeler, em Stranger Things, Natalia Dyer comentou sobre os momentos preconceituosos que a sua personagem viveu na terceira temporada da série, na qual é vítima de machismo e assédio sexual dentro do seu local de trabalho. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a atriz explicou que este tipo de comportamento era algo completamente comum na década de 1980, época que a série se passa. 

“Acontecia na época, ainda acontece, mas eu acho que ver isso em uma série que é divertida, tem elementos e coisas divertidas para assistir… eu estou orgulhosa que colocaram isso. Também deram a Nancy a oportunidade de ter um conflito diferente. Ela é uma mulher corajosa, inteligente, mas essa é a primeira vez que o mundo a joga para trás”, analisou. 

A famosa ainda apontou como ser desvalorizada dentro do seu ambiente de trabalho foi um período de grande aprendizado para a personagem. “É tão fácil de se identificar. E, claro, é uma série de época – e para ver isso e dizer: ‘Ah sim, os anos 80’. Mas reconhecer que as pessoas obviamente ainda estão sentindo muito isso. É fácil para uma mulher, para mim, ir lá. Eu sei como é isso. Claro, eu sei como é ser desprezada por homens mais velhos e subestimada, e acho que é uma coisa muito compreensível. Então estou muito curiosa para ver como as pessoas vão reagir.”

Todos estes desafios fazem com que Nataly sinta-se animada com o destino para os próximos passos de Nancy. Na publicação, ela também disse confiar inteiramente no trabalho dos irmãos Duffer, criadores da série.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui