Michael Bay pode ter abandonado a saga Transformers, mas vai seguir brincando com robôs no cinema. Um dos novos projetos do diretor é Robopocalypse, em parceria com Steven Spielberg.

O diretor de The Post vai atuar como produtor desse filme que, inicialmente, ele iria dirigir. Porém, os projetos de West Side Story, O Sequestro de Edgardo Mortara e Indiana Jones 5 levaram Spielberg a mudar de ideia, entregando a direção de Robopocalypse para Michael Bay.

Robopocalypse será a adaptação para o cinema da novela de ficção-científica de Daniel H. Wilson, que mostra um futuro próximo onde a unidade de inteligência artificial Archos é ativada sozinha e mata o homem que a criou.

O ato de traição é apenas o início. Archos dá curso ao sinistro processo que resulta no controle da rede de máquinas e a sofisticada tecnologia que gerencia o nosso mundo. Meses depois, os dispositivos mecânicos se rebelam, iniciando a Guerra dos Robôs, uma sangrenta ofensiva que acaba com a população humana, fazendo com que pessoas de diferentes origens e crenças se unam sem qualquer reserva. A batalha épica dura cinco anos, e tudo é impulsionado por uma única motivação: sobreviver.

Antes de Robopocalypse, Michael Bay tem o projeto de 6 Underground, cuja sinopse se mantém em segredo, mas que seria um mix entre A Rocha e Esquadrão Suicida (???).

Robopocalypse tem estreia prevista para o verão norte-americano de 2019.

 

Via Variety