A Marvel confirmou de forma oficial que o projeto do filme solo da Viúva Negra está aprovado, e a australiana Cate Shortland será a diretora do longa.

O processo de seleção envolveu 70 potenciais diretores, e Shortland foi a escolhida para conduzir o primeiro filme de Scarlett Johansson como a protagonista, na pele de Natasha Romanov.

O processo de escolha da diretora se complicou porque o objetivo da Marvel Studios era conseguir uma mulher para o posto, com o objetivo de replicar o sucesso de Mulher-Maravilha na DC.

Mesmo ampliando a busca para os homens, eles não encontravam a pessoa certa. Amma Asante e Maggie Betts eram outras fortes candidatas para a direção.

 

 

A grande admiração de Johansson por Shortland influenciou na escolha. Ela dirigiu o drama nazi Lore (2012), filme que foi muito bem aceito pela crítica.

Jac Schaeffer será o roteirista do longa, e esse filme da Viúva Negra vai se desenvolver antes dos acontecimentos do primeiro filme dos Vingadores, onde Natasha atua como espiã russa antes de efetivamente assumir a sua atual identidade.

 

Via THR