twitter

Luke Skywalker e Donald Trump podem entrar em um embate épico. O ator Mark Hamill é mais uma celebridade que decidiu entrar na campanha de financiamento GoFundMe, que tem como objetivo comprar o Twitter apenas para eliminar o presidente dos Estados Unidos da rede social.

Hamill manifestou sua adesão à campanha em sua conta no Twitter, utilizando a hashtag #BanTrump.

A iniciativa de Valerie Wilson, uma ex-funcionária da CIA, justifica a proposta como algo necessário diante do protagonismo assumido pela conta de Trump no Twitter para a estabilidade política internacional.

 

 

Se a meta de financiamento for alcançada, o dinheiro será utilizado para que o grupo assuma o controle acionário do Twitter, e se valerá disso para fazer cumprir suas normas contra ameaças violentas, intimidação e discurso de ódio, além de encerrar a conta de Trump na rede social para sempre.

Se o objetivo não for alcançado, o volume de pessoas será utilizado para pressionar o Twitter a tomar uma atitude, e 100% do dinheiro arrecadado vai para a Global Zero, ONG que lidera a resistência à guerra nuclear.

A campanha está bem longe de alcançar sua meta de US$ 1 bilhão. Em 11 dias de campanha, só foram arrecadados US$ 82,850, e boa parte desse dinheiro veio da conta bancária de Mark Hamill.

 

+info