Em um passado distante, se eu escrevesse aqui que um canal poderia cancelar a sua série estreante de maior audiência, muito provavelmente eu seria chamado de louco. Mas em um presente onde as séries competem com todo um universo, este cenário não é dos mais absurdos.

Por isso, eu venho aqui fazer esse post para compartilhar com você os motivos que podem levar Manifest, a série estreante da NBC com maior audiência da temporada, a ser renovada ou cancelada. Algo que eu considero meio surreal.

 

 

A SÉRIE: Manifest (1a Temporada, NBC)

 

Por que salvar?

Manifest é provocativa e com um conceito bem interessante: O que acontece se um aivão cheio de passageiros reaparece com todos os passageiros vivos, cinco anos depois de todos estarem presumidamente mortos?”

Eu sei. É como se o desastre de Lost e suas viagens do tempo tivesse terminado em final feliz, com todos voltando da ilha.

Depois de 16 episódios, algumas das mais difíceis respostas foram respondidas, e mesmo que a série se recuse a dar explicações científicas inevitáveis, algumas revelações com curtos saltos no tempo e chamadas inexplicáveis ainda conseguem manter muita gente presa à série.

A audiência de estreia de Manifesti alcançou 10.4 milhões/2.2, e na sua média, é a segunda mais assistida da NBC (empatando com as já renovadas Chicago Med e Chicago Fire) na demo, terminando na quinta posição na audiência total entre as séries do canal.

 

 

Por que cancelar?

Apesar de sua ressonância emocional, os aspectos novelescos dominaram a temporada, entregando resultados alternantes, e isso complicou a narrativa da série a ponto de algumas pessoas abandonarem a trama por achar a mesma um tanto quanto desinteressante. Nos aspectos criativos, a série está deixando a desejar, e a NBC pode sentir que a audiência do canal vai abandonar o barco caso a mesmice permaneça. E, nesse caso, é melhor cancelar a série para dar espaço para uma história mais promissora com os espectadores.