Podem até questionar os critérios, ou achar que isso tudo é uma grande ofensa aos envolvidos ou ‘vencedores’. Mas eu sempre vou achar que escolher os piores é sempre muito mais difícil e divertido. Mais uma vez, o Razzie Awards (ou Framboesa de Ouro) anunciou os seus ‘vencedores’ em sua 39a edição, escolhendo os piores de 2018 no mundo do cinema.

E o grande ‘vencedor’ da noite foi um nome bem esperado. Homes & Watson recebeu críticas terríveis de todos os lados, e foi eleito o pior filme de 2018, superando Gotti, Robin Hood, Winchester e Crimes em Happytime. E, de fato, por mais que eu desejasse que Cinquenta Tons de Liberdade fosse mais lembrado pelo Razzies, é inegável que o filme do Will Ferrell conseguiu a proeza de superar a história dos sadomasoquistas fake.

Além disso, o Razzies não perdeu a oportunidade de ‘premiar’ Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos. Se ser indicado já era um grande feito (ou grande provocação, entenda como quiser), ver o homem laranja levando dois prêmios é algo compensador. É um recado claro em como esse homem é detestado.

Também chama a atenção a premiação dupla para a atriz Melissa McCarthy, que venceu na categoria de pior atriz por dois filmes simplesmente lamentáveis, mas também levou para casa o prêmio de redenção, por sua impressionante interpretação em Poderia Me Perdoar?

 

 

Lista de Vencedores | Framboesa de Ouro 2019

– Pior Filme: Holmes & Watson
– Pior Diretor: Etan Cohen, Holmes & Watson
– Pior Atriz: Melissa McCarthy, Crimes em Happytime e Life of the Party
– Pior Ator: Donald Trump (como ele mesmo), Death of a Nation e Fahrenheit 11/9
– Pior Ator Coadjuvante: John C. Reilly, Holmes & Watson
– Pior Atriz Coadjuvante: Kellyanne Conway (como ela mesma), Fahrenheit 11/9
– Pior Dupla em Cena: Donald Trump e sua perene mesquinharia, em Death of a Nation e Fahrenheit 11/9
– Pior Sequência, Cópia ou Spin-Off: Holmes & Watson
– Pior Roteiro: Cinquenta Tons de Liberdade
– Prêmio da Redenção: Melissa McCarthy, Poderia Me Perdoar?