liga da justiça

Liga da Justiça é, sem sombra de dúvidas, o filme mais importante da DCEU (DC Extended Universe) até agora. Era o filme que consolidaria de vez o projeto cinematográfico, unindo de vez dados de bilheteria e a opinião da crítica, itens tão díspares até o momento.

Porém, após o primeiro final de semana nos cinemas norte-americanos, podemos falar de um surpreendente fracasso. Liga da Justiça arrecadou US$ 96 milhões entre os dias 17 e 19 de novembro de 2017. Seria um sucesso para a grande maioria dos filmes de Hollywood, mas foi a pior estreia dentro do universo cinematográfico da DC (Homem de Aço, US$ 116 milhões; Batman vs Superman, US$ 166 milhões; Esquadrão Suicida, US$ 133,5 milhões e Mulher-Maravilha, com US$ 103 milhões).

É a segunda pior estreia doméstica para um filme protagonizado por heróis da DC, perdendo apenas para o desastroso Lanterna Verde (US$ 53,2 milhões), em 2011. Tudo isso é ainda mais surpreendente se levarmos em conta a progressão do estúdio, muito irregular no qualitativo dos três primeiros projetos (Homem de Aço, BvS, Esquadrão Suicida)mas que acertou com Mulher-Maravilha, que fez com que a DCEU recebesse o apoio da crítica e do público pela primeira vez. Um sucesso, de certo modo, inesperado.

Dois agravantes aos resultados estão nos problemas de produção e os elevados custos para concluir o filme.

Liga da Justiça foi reformulado para receber mais humor (influenciados, principalmente pelo sucesso do “estilo Marvel” nos cinemas), com maior coesão de todas as partes. A saída de Zack Snyder do projeto, por conta do suicídio de sua filha (e a aposta em Joss Whedon) resultou no nosso segundo problema.

O aumento dos custos de produção alcançaram a exorbitante marca de US$ 300 milhões. Os Vingadores (2012) arrecadou US$ 207 milhões no seu primeiro final de semana, e custou US$ 220 milhões. A diferença é enorme aqui.

Para completar, Liga da Justiça é, nesse momento, a segunda pior estreia entre os filmes de heróis em 2017, perdendo apenas para um Logan que, além de ser um sucesso de crítica e um orçamento mais modesto (US$ 150 milhões), se pagou em apenas cinco dias, e era um filme censura 18 anos.

A própria Warner Bros. já entende que “o caminho para o sucesso nas bilheterias é diferente do que pensávamos”. As previsões, levando em conta o Dia de Ação de Graças, é que Liga da Justiça vai encerrar sua trajetória nos cinemas com uma arrecadação de bilheteria global de US$ 700 milhões.

Se isso realmente acontecer, o fracasso do filme nesse aspecto está consolidado, colocando um claro condicionante do futuro cinematográfico da franquia.

O que não quer dizer que o filme não é bom. Uma coisa não tem nada a ver com a outra (achei melhor deixar isso bem claro).