Law & Order: Special Victims Unit acaba de fazer história na TV norte-americana ao ser renovada pela NBC para a 21a temporada. Dessa forma, ela se transforma na série live-action mais longeva da história do horário nobre.

Até então, a série compartilhava o recorde de série mais longa da TV dentro de sua categoria com a sua série “mãe”, Law & Order (entre 1990 e 2010) e o drama western Gunsmoke (entre 1955 e 1975), com 20 temporadas cada uma. Law & Order: SVU estreou em 1999, e até o presente momento não está com o final confirmado, já que não está previsto que a sua temporada 21 será a última.

 

 

A importância de Mariska Hargitay

 

 

A renovação de Law & Order SVU torna a Tenente Benson (Mariska Hargitay) o personagem mais longevo de forma consecutiva de uma série de primetime, superando James Arness e Milburn Stone (Gunsmoke) e Fraiser Crane, interpretado por Kelsey Gammer, considerando que o ator interpretou o mesmo personagem em duas séries: Cheers e Fraiser.

Além disso, Hargitay foi premiada com um Emmy e um Globo de Ouro por sua atuação na série. Aliás, faz um bom tempo que ela não é mais indicada (sua última indicação ao Emmy Awards aconteceu em 2011, e no Globo de Ouro foi em 2009), mas a sua presença na série foi imprescindível para que Law & Order: SVU alcançasse esse sucesso todo.

 

 

Mas nem tudo são flores nessa renovação. Phillip Winchester, que interpreta o advogado Peter Stone na série, anunciou em sua conta no Twitter que não retorna para a temporada 21. Ele entrou para o elenco de SVU na 19a temporada depois de sua breve passagem em outra série do universo de Dick Wolf: Chicago Justice, que foi cancelada na primeira temporada. Stote migrou para Law & Order: SVU por ser filho de Ben Stone (Michael Moriarty).

De qualquer forma, é uma renovação mais do que justa. Estamos diante de uma das séries mais importantes da história da TV, e alcançar essa marca a eterniza em vários aspectos no universo televisivo.