Parece que o elenco de Friends era só Friends entre eles.

Kathleen Turner, que foi atriz convidada em três episódios da série interpretando o pai transgênero de Chandler (Matthew Perry), revelou em entrevista que ela não se sentiu tão bem recebida pelo elenco principal da série.

Turner alega que, em algumas situações onde ela se sentia cansada, não teve nenhum colega de elenco oferecendo uma cadeira, que só apareceu quando um dos membros mais velhos da produção da série solicitou. Ela sentiu que o elenco simplesmente não se importava com o próximo por ser um grupo de jovens atores, e acredita que sua experiência foi singular.

Não fica clara a situação em que Turner sofreu a indiferença do elenco de Friends, mas respeita o profissionalismo dos atores, e conseguiu detectar em pouco tempo de trabalho que existia a camaradagem genuína entre eles.

Não é a primeira vez que Turner faz críticas à Friends. No começo desse ano, ela já declarou que a série não envelheceu bem, e mesmo sendo um fenômeno em sua época, não levava a sério o seu compromisso social.

Suas declarações se alinham com as acusações da série ser homofóbica, de um modo geral. E não podemos dizer que ela está errada após assistir a compilação de alguns momentos peculiares da sitcom.