katherine-heigl-greys-anatomy

Com uma carreira no cinema que pode ser considerada como fracassada, Katherine Heigl está voltando para a TV, em um drama no canal NBC, baseado no dia a dia de uma agente do CIA. Porém, a má reputação da atriz permanece pairando no ar entre os produtores e roteiristas, e esse talvez foi o principal obstáculo para o seu retorno para a televisão.

O site The Hollywood Reporter entrevistou vários produtores que trabalharam com Heigl nos últimos anos, e todos são unânimes ao dizer que Heigl terá que batalhar muito para conquistar a simpatia e confiança desses profissionais.

Heigl foi diversas vezes criticada pelo seu comportamento difícil nos sets de filmagem, além de suas reclamações públicas sobre os projetos onde estava envolvida. Por exemplo, quando o seu primeiro filme (Knoked Up) alcançou um relativo sucesso, a atriz foi até a imprensa e declarou que considerava o filme “sexista”. Em 2008, a mesma Heigl, vencedora do Emmy Awards 2007, se retirou da defesa do seu título, por alegar que os roteiristas de Grey’s Anatomy não lhe deram um material suficientemente bom. Dois anos depois, ela abandonou a série.

Para encerrar a questão, Shonda Rhimes, criadora de Grey’s Anatomy, opinou sobre Heigl, em tom irônico: “quando as pessoas mostram quem elas realmente são, simplesmente acredite nelas”. Para bom entendedor…

Um dos produtores entrevistados (lembrando: ninguém foi identificado na matéria) disse ao THR que ficou relutante quando o nome de Heigl foi sugerido para um piloto que foi aprovado. “Em vários aspectos, ela teria sido perfeita para o papel. Porém, todos nós concordamos que ‘não vale a pena’ trabalhar com ela”, disse a fonte.

Porém, nem todos em Hollywood odeiam Heigl. Greg Berlanti, que dirigiu a atriz em Life as We Know It, disse: “Gostaria de trabalhar com ela novamente, num piscar de olhos. Ela é uma atriz incrível, e em uma série com uma boa ideia, bem executada, e com ela como protagonista, eu assistiria –  e teria sorte de trabalhar com ela novamente”.

Outra fonte do mesmo Life as We Know It conta uma outra versão da história, dizendo que Heigl criou “situações muito difíceis” nos sets de filmagem. “Ela pode lhe custar um bom tempo de um dia de filmagem. Questões de guarda-roupa, não sair do trailer, questionar o script todos os dias…”.

De qualquer forma, tantas críticas não significam que tudo está perdido para a atriz. De acordo com uma fonte próxima, Heigl estaria empenhada em reconstruir a sua carreira e sua imagem em Hollywood. “Ela está realmente determinada a deixar tudo isso para trás. E a única maneira de fazer isso é trabalhar no cinema ou na TV, com boas pessoas e para aquelas pessoas que podem devolver coisas boas para ela”.

E enquanto a indústria ainda tem reservas sobre Katherine Heigl, a fonte completa: “existe uma enorme e fiel base de fãs que está esperando a volta de Heigl”.

Via The Hollywood Reporter