Se existe alguém entre as poucas pessoas do mundo que pode falar algo sobre como DC e Marvel trabalham e o quão diferente pode ser esse modo de trabalhar, esse alguém é o ator Josh Brolin.

Afinal de contas, ele figurou em produções com histórias dos dois selos, e sentiu na pele a filosofia de cada uma delas.

Talvez o que as pessoas não esperavam era tanta sinceridade por parte do ator, que resumiu tudo o que a maioria das pessoas de bom senso pensa das duas empresas nesse momento referente aos seus respectivos universos cinematográficos:

“Uma é um fracasso total, e a outra um sucesso gigantesco”

Ah, para não deixar dúvidas: os comentários foram, na ordem para DC e Marvel, respectivamente.

Certamente não estamos acostumados a ver um astro de Hollywood ser tão enfático e direto em uma resposta sobre a forma de trabalhar de determinadas produtoras. E não devemos desconsiderar que parte da resposta de Brolin está influenciada pela quantidade de dinheiro que acabou de receber (e ainda vai receber) da Marvel para interpretar Thanos em Vingadores: Guerra Infinita e Cable em Deadpool 2.

Mesmo assim, não podemos dizer que Josh Brolin está errado. Ele está absolutamente certo na sua afirmação.

E olha, que ele fala de uma DC de 2010, de antes dos seus mais recentes fracassos do seu universo cinematográfico. Naquele ano, Brolin estava no elenco do igualmente fracassado Jonah Hex, e afirmou que o filme deu errado basicamente porque o estúdio teve medo de oferecer a liberdade criativa necessária para a história se desenvolver naturalmente.

Liberdade essa que a Fox Film e a Marvel escancarou tanto para Deadpool (que foi um grande sucesso), quanto para Deadpool 2, que deve ter ainda mais abertura para a ousadia e alegria que todos esperam.

O mesmo se aplica à Vingadores: Guerra Infinita. Por mais que Kevin Feige comande tudo com mão de ferro, os irmãos Russo tiveram total liberdade para contar a história que eles queriam, sem medo de como as pessoas iriam reagir.

Talvez Brolin ajude a elucidar as coisas para os fanboys e haters dos dois estúdios. Nesse exato momento, tudo dá certo na Marvel porque eles estão no controle absoluto das próprias histórias, sabendo o que querem contar e para quem vai contar essas histórias.

Já a DC não sabe o que quer da vida, está completamente perdida em como pode contar suas próprias histórias, não compreende o seu público, e se borra de medo em ousar na sua narrativa, que é o que o seu público realmente espera.

Obrigado, Josh Brolin, por ter deixado claro o cenário atual entre DC e Marvel. Você tem todo o direito de fazer isso.