Se você já estava acabando com o estoque de lenços de papel da sua casa (ou escritório, vai saber) por causa do fim de Jane the Virgin, trago boas notícias, que podem servir como um sinal de alento para esse seu coraçãozinho machucado. A CW está desenvolvendo um spin-off da série que você tanto ama.

O projeto ainda não tem um nome definido, e é descrito como um novelão em forma de série televisiva, inspirado no formato de antologia, que deve apresentar um pequeno livro escrito por Jane sobre os acontecimentos de cada uma das temporadas. Nesse caso, a história seria narrada pela própria Jane (Gina Rodriguez), já que dessa vez a perspectiva é a dela.

Valentina Garza e Brad Silberling vão (respectivamente) escrever e dirigir o piloto da nova série, enquanto que o criador de Jane the Virgin, Jennie Snyder Urman, Gina Rodriguez e Ben Silverman serão os produtores executivos da futura série.

Lembrando que, nesse exato momento, a série ainda não é oficial. Na verdade, ela nem existe: um piloto será produzido para a CW, e se for aprovado pelos seus executivos, uma encomenda de episódios é feita, e aí sim o projeto se transforma em série, que será veiculada no canal ou na fall season, midseason ou summer season.

Já Jane the Virgin volta para a quinta e última temporada na próxima primavera (nos Estados Unidos), com exibição nas noites de quarta-feira, tão logo All American conclua a sua primeira temporada.

Seria um spin-off justo se vingar. Apesar de particularmente eu torcer o nariz para o seu plot, Jane the Virgin virou o novelão que você aprendeu a amar, e isso deu muito certo. Deu muito certo inclusive para a CW, que encontrou uma série que atingiu um público que ela já sabia que tinha, mas correu o risco ao oferecer uma história com elementos tão diferentes.

Mesmo porque estamos falando do canal que antes exibiu séries como Gossip Girl, Melrose Place e 90210.

 

Via Deadline