titanic

20 anos depois, o final de Titanic ainda dá o que falar. Afinal de contas, até os Caçadores de Mitos já afirmaram que Jack (Leonardo DiCaprio) poderia ter se salvado sem problemas.

James Cameron decidiu se explicar. E de forma bem simples: na página 147 do roteiro, diz claramente que Jack morre. A decisão era artística e, apesar de entender que parece uma bobagem discutir isso 20 anos depois, ele entende que alcançou o objetivo em oferecer um personagem adorável para os fãs.

Se Jack tivesse sobrevivido, o final do filme não faria muito sentido. Titanic é sobre a morte e a separação e, de alguma forma, Jack iria morrer. Ou seja, sua morte aconteceu por razões artísticas, e não físicas.

 

 

Faz sentido. Se o final feliz estivesse presente em Titanic, tudo o que foi visto ao longo do filme não faria sentido, levando em conta que tudo o que aconteceu no barco é um enorme flashback contado pela velhinha sobrevivente.

Alias, Jack não sabia que ele seria resgatado por um bote salva-vidas uma hora depois de ficar três horas boiando na água, por não saber qual pedaço de madeira iria sustentar o seu corpo. Ou seja, ele iria morrer de qualquer maneira.

A explicação é boa, mas isso não vai impedir que o falatório continue. Até Kate Winslet fez piada disso, em um divertido vídeo com Stephen Colbert.