a torre negra

Depois de seis semanas em cartaz, a A Torre Negra arrecadou US$ 107 milhões em todo o mundo. Isso é menos da metade do que It – A Coisa (um filme para maiores de 18 anos) arrecadou no seu primeiro final de semana (custando quase a metade no orçamento).

Ou seja, A Torre Negra é um fracasso, com futuro questionado. Por enquanto, os planos de expansão da franquia seguem, mas muitos duvidam que eles podem realmente sair do papel.

Incluindo um dos seus atores, Idris Elba.

 

“Na verdade, eu não sei, e estou sendo totalmente sincero. Estou por dentro da série de TV, mas não estou certo sobre onde estamos com isso, e não posso dizer que vai acontecer uma continuação. O filme teve críticas divididas: muita gente gostou e creio que alguns odiaram.”

 

O trabalho de Elba foi uma uma das poucas coisas que se salvaram, mas parece que ele está mal informado sobre o “alguns odiaram”.

A Torre Negra tem nesse momento 16% de avaliações positivas no Rotten Tomatoes, e um score de 34/100 no Metacritic. Logo, a tal divisão de opiniões que ele cita na entrevista não existe.

Hollywood tem pouca capacidade de autocrítica, e Elba é só mais um exemplo que comprova tal teoria. Ele não se importa com as opiniões dos críticos, a menos que um deles tenha sucesso adaptando A Torre Negra.

 

“No final, todo mundo tem uma opinião, e isso é bom. Mas imaginava que, com um filme como A Torre Negra, se você sabe algo sobre literatura, sabe que ele é um livro muito difícil de digerir, logo, difícil de se adaptar. Até quem um dos críticos o adapte e faça um bom trabalho… bom, não quero ouvir o que eles tem a dizer.”

 

Convenhamos: a desculpa mais cômoda do mundo para quem participou de um dos filmes mais decepcionantes de 2017. Para dizer o mínimo.

 

Via Mashable