Pode até ser que a briga entre a Disney e a Netflix está ficando mais feia lá fora, e que só vai piorar com a chegada do Disney+. Mas por enquanto, pelo menos por aqui, é só amor entre as duas. Tanto, que High School Musical e High School Musical 2 desembarcaram na versão brasileira da plataforma de streaming.

Apenas para explicar para quem não está muito por dentro do assunto: a Disney vai lançar nos Estados Unidos em 2019 o Disney+, a sua plataforma de streaming de vídeos para séries, filmes e conteúdos originais do estúdio. Em outras palavras, a sua versão da Netflix.

Quando isso acontecer, todo o conteúdo da Disney e de suas marcas relacionadas (incluindo Lucasfilm e Marvel) migram para o Disney+, e todos os demais serviços de streaming serão afetados com essa decisão. Incluindo a Netflix, obviamente, que tem uma boa parte do conteúdo Disney em sua plataforma.

Porém, é importante lembrar que, pelo menos nesse momento inicial, o Disney+ será exclusivo para o território norte-americano. Ou seja, enquanto o serviço não estrear no Brasil, nada muda por aqui.

 

 

Disney e Netflix vão ganhar muito dinheiro com High School Musical no Brasil

E o mais importante: os acordos de distribuição de conteúdo mudam de país para país, e as regras de contrato estabelecidas nos Estados Unidos não valem para o Brasil. Mesmo porque nem Disney, nem Netflix vão perder oportunidades em capitalizar com os usuários de diferentes países.

Por causa desses fatores, os conteúdos da Disney estão garantidos por mais algum tempo na Netflix. E o resultado é maravilhas como essa: a franquia High School Musical desembarcando na principal plataforma de streaming do mundo.

Eu entendo a alegria dos fãs de HSM: a franquia recentemente completou 10 anos de vida, e foi um verdadeiro fenômeno da TV a cabo dos Estados Unidos. O terceiro filme chegou aos cinemas, e agora a Disney já prepara um reboot da franquia.

E ainda dizem que música não rende dinheiro na TV. Ah, vá!

Bom, galera… bora aproveitar o HSM na Netflix a partir de hoje.