cory-monteith

Uma notícia realmente muito triste para os fãs de Glee, e porque não para os fãs de séries de TV em geral. O ator canadense Cory Monteith foi encontrado morto em um dos quartos do hotel Pacific Rim, em Vancouver (Canadá), no final da noite de ontem (13/07). O ator de 31 anos de idade era conhecido do grande público por interpretar Finn Hudson na série musical da Fox.

O motivo da morte ainda não foi relevado, mas foi confirmada pela polícia de forma oficial. Quem encontrou o ator foi a pessoal do hotel, que decidiu ir até o seu quarto depois do horário de check out ter se expirado. Segundo as primeiras informações divulgadas, quando os funcionários do hotel o encontraram, ele já estava morto “há algumas horas”.

A assessoria de imprensa do ator já se comunicou sobre o assunto, informando que “está em choque e de luto pela trágica perda”. A Fox também emitiu uma nota, enaltecendo o talento de Cory e sua personalidade, além de afirmar que foi um grande prazer trabalhar com ele, desejando os pensamentos e preces para os familiares.

Vale lembrar que, recentemente, Cory Monteith travava uma luta contra a dependência química. Em abril desse ano, o ator passou um período em uma clínica de reabilitação, de forma voluntária. Em 2011, ele revelou à revista Parade que começou a usar drogas com 13 anos de idade, e foi internado pela primeira vez em 2009, por intermédio da mãe e de amigos.

Em junho, Cory fez a sua primeira aparição pública após deixar a clínica de reabilitação, em um evento beneficente em Los Angeles (EUA). Na época, ao ser questionado em como estava se sentido, o ator disse que estava bem, e passava mesmo essa impressão, ao lado da namorada e colega de elenco em Glee, Lea Michele.

Inicialmente, a polícia canadense descarta a hipótese de assassinato, e se baseia nas imagens do circuito interno de câmeras de segurança. Também não há indícios de violência no quarto onde Cory estava hospedado. O resultado da autópsia deve sair nos próximos dias.

Até o momento do fechamento desse post, nem Ryan Murphy, criador de Glee, nem Lea Michele se pronunciaram sobre o assunto.

É uma perda repentina, pegando muita gente de surpresa. Ficam os nossos sentimentos e respeitosos votos.

Via TV Series Finale