george-r-r-martin-dedo

George R.R. Martin está de saco cheio, a ponto de responder dessa forma para aqueles que acreditam que “ele não está com tanto tempo assim” para concluir seus livros. O autor das obras que dão vida à série Game of Thrones (HBO) respondeu aos fãs que acham que a morte vai impedir que essa história seja concluída.

Palavras de Martin:

Essa é uma questão muito ofensiva. Para essas pessoas que especulam sobre o meu estado de saúde ou minha morte, eu digo para elas se f*derem.

A declaração foi feita em uma recente entrevista de George ao jornal suíço Tagesanzeiger, e a foto acima enfatiza o seu desejo.

Fato é que não é a primeira vez que esses questionamentos surgem. O longo tempo que Martin leva para lançar um novo volume dessa história, somado ao fato de suas próprias características de vida em função da idade, levantam todo o tipo de especulações que envolvam colesterol alto, infartos e sagas de livros inacabadas.

Por outro lado, não é a primeira vez que o falecimento de um escritor deixa os seus fãs sem uma conclusão de uma história. A morte de Robert Jordan é um exemplo claro disso.

O aborrecimento de Martin é algo compreensível, mas a preocupação de muitos fãs também é genuína. Afinal, as chances de muita gente não saber como a saga de livros Game of Thrones termina são consideráveis.

Por fim, é nossa obrigação lembrar aos fãs mais chatos que George R.R. Martin não é escravo de ninguém, mas sim um ser humano que escolheu ser escritor. E que ele tenha uma vida longa e próspera, para a alegria de todos.

Via