Aiden Vázquez, garoto de 10 anos de idade, foi parar no hospital por causa do bullying dos seus colegas. Mas decidiu apanhar calado e não revidou, por um simples motivo: “este não é caminho Jedi”.

Vázquez estuda no quinto ano de uma escola primária na Califórnia (EUA), e seus colegas de classe o agrediram com um soco no rosto, para depois roubarem a sua mochila. Ele foi para o hospital, onde recebeu vários pontos por conta dos ferimentos resultantes da agressão.

Quando a mãe do garoto perguntou por que ele não se defendeu, a explicação foi “não é a forma Jedi”. Aiden recebeu no ano anterior três pontos depois de um empurrão contra a parede.

A sua história rapidamente virou viral por causa do código moral que Aiden vive. Ao saber da história, Mark Hamill (Luke Skywalker) publicou um tweet felicitando o garoto por sua reação.

 

“Parabéns para Aiden Vázquez pelos eu valor e sabedoria diante das adversidades. Estou muito orgulhoso de você por demonstrar que pode ser um Jedi na vida real. Felicidades, Aiden – A Força estará COM VOCÊ…. Sempre!!! Seu fã, mh”

 

O problema do bullying nos Estados Unidos é uma constante nas escolas por décadas. É a causa de grandes problemas psicológicos para os estudantes, e as autoridades não tomam providências para resolver o problema.

Por enquanto, o distrito escolar da Califórnia se recusa a comentar sobre o incidente, citando as leis de confidencialidade.