Eu não estou assistindo Game of Thrones, confesso. Deveria ver a série na temporada final? Até deveria, só para comentar com propriedade. Porém, com tudo o que vocês contam e com as notícias que são publicadas na internet, eu realmente acredito no descontentamento de vocês, e que a temporada final deixa a desejar, até mesmo quando a série se esforça para entregar um ápice de emoção maior para os seus fãs.

Se não bastassem as falhas nas plataformas online da HBO (HBO Go e HBO Now) em várias regiões do mundo, alguns vazamentos de episódios (algo que deve acontecer com o episódio final se o mesmo não for preso dentro de um cofre blindado e protegido por seguranças fortemente armados) e um roteiro com soluções de gosto mais do que duvidoso (para não dizer soluções preguiçosas), a caríssima produção está cometendo erros bizonhos nos últimos episódios da série.

Erros que são imperdoáveis para uma das séries mais caras da história da televisão.

Primeiro, foi o copo do Starbucks na frente da rainha louca, a Daenerys. Até chegaram a achar que foi um baita ‘product placement’ em Game of Thrones, o que geraria o falatório do mesmo jeito, e até que seria uma ação legal e descoladas de uma das séries com maior base de fãs da atualidade (aliás, o Starbucks agradeceu muito a propaganda gratuita que recebeu).

Porém, aquele copo de café era um erro mesmo. Tanto, que foi apagado digitalmente, e teve coleguinha de elenco acusando a amiguinha de ter esquecido o copo de café lá.

Tudo bem. Beleza.

Porém, a produção de Game of Thrones conseguiu errar DE NOVO! E ainda vai ter gente que vai entender que, com tudo isso, a série merece levar o Emmy para casa de Melhor Série Dramática! Como pode?

 

 

A mão que ferra com tudo está (quase) na bunda da Cersei

 

 

Por anos os fãs se perguntaram como seria a morte de Cersei, e muitos pensaram que ela poderia compartilhar esse momento com o seu irmão Jaime. E isso aconteceu com uma controvertida cena que deixou alguns fãs um tanto quanto descontentes.

Os dois personagens tentam escapar por uma passagem subterrânea, enquanto uma enlouquecida Daenerys incendeia e destrói King’s Landing com o seu dragão. No final, Cersei e Jaime chegam a um beco sem saída, e todos os muros começam a cair ao seu redor. Então, eles contemplam de um último momento juntos, onde se abraçam enquanto o teto desmorona sobre eles.

Sim… eles morreram soterrados. Meh!

A polêmica está na sequência do abraço inicial quando eles se reencontram, pois a cena mostra a mão que Jaime supostamente perdeu capítulos atrás. A galera no Twitter notou o erro de continuidade a partir de uma imagem promocional distribuída na estreia do episódio.

 

 

Uma falha sutil, que dura alguns segundos e não foi notada por muitos. Porém, viralizou rapidamente, e muitos acreditaram que era algo que foi ao ar no episódio. De fato, a imagem promocional foi exibida pela HBO em uma das tomadas da cena do abraço, mas como o enquadramento é fechado, a mão delatora não pode ser observada.

Mas a pérola está aí. Eternizada pela galera da internet. E isso me leva a crer que mais de dois anos não foram tempo suficiente para evitar que os episódios finais de Game of Thrones fossem filmados de forma apressada, com uma edição descuidada nos aspectos mais básicos.

Desculpa. Série superestimada. Falo mesmo.