A Warner decidiu reformular várias coisas dentro da DCEU (DC Extended Universe). Depois de confirmar que Ben Affleck não continua como Batman dentro dos filmes da franquia (The Batman agora será um reboot, e tem previsão de estreia para 25 de junho de 2021), o estúdio também confirmou alguns detalhes sobre Esquadrão Suicida 2 que, na verdade, não é bem um 2 como estamos lendo.

Como todo mundo sabe, Esquadrão Suicida foi um filme bem problemático na sua produção, e todos esses problemas se refletiram no resultado final do filme. A decisão infeliz da Warner em interferir na visão criativa do diretor (o que, convenhamos, não é a primeira vez que isso acontece nos filmes da DCEU) fez com que um filme que, originalmente, tinha um tom mais sombrio e visceral, se transformasse em uma comédia com um quê de vergonha alheia.

Diante de tudo isso, a Warner decidiu que Esquadrão Suicida 2 será um “reboot”, e não uma continuação direta do primeiro filme. Não sabemos exatamente o que isso quer dizer, mas ao menos esperamos que boa parte do elenco original seja mantido. Ou será que teremos uma nova leva de vilões bancando os heróis?

Olha, não tirando Harley Quinn (Margot Robbie) da história, para mim está ótimo.

Esquadrão Suicida 2 pode contar com a direção de James Gunn, que foi contratado pela Warner depois de sua polêmica demissão da Marvel/Disney. Gunn oficialmente assina o roteiro do longa, mas está negociando com o estúdio para dirigir o filme. Nada ainda é oficial, mas a Warner/DC precisa ser muito estúpida para perder uma oportunidade de ouro como essa.

É só os executivos da Warner deixarem James Gunn trabalhar em paz, que tudo vai dar certo. Eu espero que eles tenham aprendido a lição, depois de cometerem tantos erros primários.

Por fim, Esquadrão Suicida 2 já tem data de estreia confirmada: 6 de agosto de 2021.