Em entrevista publicada no New Yorker, a atriz Emilia Clarke (Daenerys Targaryen) descreveu em detalhes a sua longa batalha contra dois aneurismas cerebrais durante as filmagens da primeira temporada de Game of Thrones (HBO).

Clarke conta que os problemas começaram em 2011, enquanto se preparava para a primeira temporada da série. Com 24 anos, ela sofreu uma hemorragia subaracnoidea, uma patologia extremamente perigosa, com um índice de mortalidade muito alto.

Ela foi internada e se submeteu a uma cirurgia que a deixou com sequelas: uma afasia (transtorno que afeta a parte do cérebro que processa a linguagem) e a perda temporária de memória. Clarke garante que se questionou se voltaria a atuar, mas em menos de um mês estava gravando as cenas e lembrando suas falas sem problemas.

Ainda no hospital, veio mais uma má notícia: um aneurisma menor do outro lado do cérebro, que poderia explodir a qualquer momento. Tudo ficou pior na segunda temporada de Game of Thrones: ela sofria de constantes dores de cabeça, e em uma turnê promocional da série na Inglaterra ela teve que ser medicada com morfina entre cada entrevista.

Clarke não conseguia entender que estava interpretando Daenerys, e pensava a cada minuto que iria morrer.

 

 

Mais notícias ruins

 

 

Em 2013, um escâner de rotina revelou que o tamanho do aneurisma dobrou, e que ela precisava de uma cirurgia. Infelizmente, o procedimento não foi bem sucedido, e foi necessário uma cirurgia mais invasiva, através do seu crânio. O pós operatório levou um mês, e nesse período ela sofreu vários ataques de pânico e ansiedade.

Porém, Clarke garante que se recuperou por completo, e que agora se sente mais feliz do que nunca. “Me curei muito além de qualquer esperança irracional. Agora estou cem por cento”, afirmou a atriz.

Todo o esforço de Emilia Clarke é mais do que incrível. Normalmente os sets de filmagem de séries e filmes resultam em árduos períodos de trabalho, exigindo de todos uma grande tolerância à pressão. E não dá para não se comover com a resiliência de uma atriz que encarna uma personagem que é valente tanto dentro como fora da tela.

Emilia Clarke, você ganhou em mim mais um fã. E aplaudo você de pé por demonstrar ao mundo tanta força interior. Muito obrigado!

 

Via New Yorker