Recapitulando.

Na última fall season, Ellen Pompeo foi a responsável por provocar um ataque cardíaco coletivo nos fãs de Grey’s Anatomy quando ela insinuou que Meredith Grey poderia dar adeus à série, quando o seu contrato com a ABC chegasse ao fim. Mas no mês passado, em entrevista, o tom do discurso da atriz mudou um pouco.

Pompeo afirmou recentemente que:

“Eu estou pronta para parar de fazer a série antes da audiência cair, mas as audiências nunca caem”, disse Pompeo gargalhando. “A audiência caiu um pouco sim, mas o fato é que ainda somos a série mais assistida da ABC, e isso é incrível. É muito legal ter esse tipo de audiência e ser um hit em um canal como esse.”

Pompeo fechou a sua última extensão de contrato de dois anos por US$ 20 milhões, e admite que Grey’s Anatomy ainda é um bom lugar para ficar. “Eu gosto da minha situação aqui. Por mais que a ideia de fazer algo novo me seduzir, a verdade é que eu tenho três filhos. E eu não quero ter que viajar e deixá-los. Eu não quero ser uma viajante de circo e viver em hotéis. E o canal e o estúdio continuam a me incentivar, e eles apenas fazem ofertas que eu não posso recusar”.

Vale lembrar que a atriz só deve decidir se vai sair ou não de Grey’s Anatomy em 2020. Por outro lado, por motivos bem óbvios, a saída de Pompeo da série significa o fim da mesma (afinal, é o seu personagem que dá titulo ao programa).

“Eu estaria mentindo se eu dissesse que eu não penso em todas as pessoas que estão com os seus empregos estáveis em Grey’s Anatomy. Não é toda série que recebem encomendas de 24 episódios, com 10 meses de trabalho por ano, e eu sei que essas pessoas querem ficar em Los Angeles.”

Vamos traduzir tudo isso: Ellen Pompeo tem o poder de decidir sobre o futuro de Grey’s Anatomy e, nesse momento, ela aind anão tomou uma decisão. O seu contrato chega ao fim no final da 16a temporada (2019-2020), e antes disso ela não vai decidir nada. Vai analisar tudo no modo “um dia de cada vez”.

 

+info